X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Hotel-cassino vai virar escola técnica

Após passar por reforma, o Radium Hotel, em Guarapari, vai oferecer cursos, além de atividades voltadas ao turismo

Roberta Bourguignon, do jornal A Tribuna | 27/07/2022 16:34 h

Após anos de debates e espera, o símbolo do desenvolvimento turístico de Guarapari, o Radium Hotel – que funcionou como hotel-cassino na década de 60 – vai ser revitalizado para virar uma escola técnica. 

A decisão foi tomada pela Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional e Desenvolvimento Econômico (Sectides), que  já está em fase de elaboração de projetos de restauro e reabilitação. O projeto é custeado pela Samarco, que doou R$ 1 milhão para a sua elaboração. 

A entrega dos projetos executivos está prevista para 31 de dezembro. No início do ano que vem será realizado processo licitatório para a contratação da empresa que irá executar a obra, avaliada em R$ 28 milhões.

O Radium Hotel vai passar a se chamar  Centro de Inovação para o Turismo e, através de parceria com o Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), irá ofertar cursos, além de  atividades voltadas ao desenvolvimento do turismo.

“Ao autorizar este investimento, o governo do Estado dá uma demonstração de sensibilidade em relação ao local, que é tão importante para a região e para o Estado”, disse o secretário da pasta, Ricardo Pessanha.

A proposta inclui sala empreendedora, auditório para 250 pessoas, biblioteca, café e museu sensorial, salas para coworking e áreas de formação, hotel-escola e laboratórios de informática. A praça e a atual feira de artesanato também serão revitalizadas. 

A pesquisadora  Beatriz Bueno diz que o projeto não pode fugir do tema turístico e que a história do local precisa ser preservada
A pesquisadora Beatriz Bueno diz que o projeto não pode fugir do tema turístico e que a história do local precisa ser preservada |  Foto: Roberta Bourguignon/AT
 

Para a pesquisadora Beatriz Bueno, de 76 anos, que editou o livro sobre a história da cidade, o projeto não pode fugir do tema turístico e a história do local precisa ser preservada. 

“O Radium Hotel é um dos mais importantes monumentos turísticos de Guarapari, porque foi um marco do desenvolvimento turístico da cidade. Foi o Radium  que atraiu o turista para cá, por ser um hotel-cassino e por estar localizado em frente à praia da Areia Preta, que era muito procurada”, conta.

“O espaço está ocioso há tempos. O jardim, que deveria ser um ponto de encontro, está abandonado. Não podemos esquecer do museu aqui e de preservar a história, porque uma cidade sem história, é uma cidade sem passado”.


SAIBA MAIS

Patrimônio histórico

O Radium Hotel foi inaugurado em 1953, e seu formato de âncora foi idealizado para ser uma escola naval, mas funcionou como hotel-cassino na década de 60, de padrão internacional, recebendo personalidades como Garrincha, Elza Soares e muitos políticos.

Com a proibição dos jogos em 1964, o hotel entrou em decadência e foi tombado como patrimônio histórico afetivo do Estado.

Agora será reformado para se transformar em escola técnica. A entrega dos projetos está prevista para 31 de dezembro de 2022, e no início do ano que vem será realizado processo licitatório para a contratação da empresa que executará a obra, avaliada em R$ 28 milhões. 

Perspectiva  mostra como deve ficar o Radium Hotel após reforma avaliada em 
R$ 28 milhões
Perspectiva mostra como deve ficar o Radium Hotel após reforma avaliada em R$ 28 milhões |  Foto: Roberta Bourguignon/AT
 

Ainda não há data para o empreendimento ficar pronto.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS