Login

Imagem ilustrativa da capa de fundo do colunista Eduardo Pinheiro

Mundo Digital

Imagem do colunista Eduardo Pinheiro

Eduardo Pinheiro

Como fazer um tour pelo mundo com o Google Earth

09/01/2022 16:06:25 min. de leitura

O Google Earth é um programa de computador desenvolvido pela empresa Google, cujo objetivo é apresentar um modelo tridimensional do globo terrestre, construído a partir de imagens de satélites, imagens aéreas e imagens em 3D de veículos de rua. A grande vantagem desse programa é que ele é gratuito e, com a sua utilização, qualquer pessoa pode visitar qualquer ponto da superfície do planeta. Desta forma, o Google Earth é a ferramenta perfeita para explorar qualquer lugar do mundo, sem sair de casa. Em tempos de crise e de pouco dinheiro para investir em viagens e turismo, a ferramenta do Google torna-se uma excelente alternativa para conhecer, em um passeio virtual, os mais longínquos e encantadores cantos do mundo.

Na América, é possível conhecer os locais mais visitados do continente como a cidade maravilhosa (Rio de Janeiro), os pampas argentinos, a cordilheira dos Andes, a cidade Inca de Machu Picchu, no Peru, as diversas praias paradisíacas da América Caribenha, o Grand Canyon, nos Estados Unidos, e tantos outros lugares do continente americano.

Para quem deseja dar a volta ao mundo pode, em poucos segundos, se projetar para o continente africano e conhecer as maravilhas arquitetônicas do Egito antigo ou os paraísos selvagens de Botsuana, Zâmbia e do Congo.

Subindo em direção ao hemisfério norte, chega-se ao velho mundo, mais conhecido como Europa. Nesse continente é possível, em uma área territorial um pouco maior que o Brasil, conhecer os aspectos naturais e monumentos de 50 belos países.

Por fim, a viagem pode seguir para o continente asiático e a Oceania, onde será possível encontrar paisagens incríveis como a cordilheira do Himalaia, a Sibéria, o deserto arábico e o Monte Fuji, um adormecido vulcão japonês.

Para acessar essas maravilhas ao redor do globo, o programa disponibiliza várias ferramentas que tornam o passeio mais prático e realista.

No menu principal, a primeira opção é o botão pesquisar (figura de uma lupa), ali o viajante virtual digita o país, cidade ou monumento que deseja visitar e, em seguida, será remetido em 2 ou 3 segundos, para o local desejado, percorrendo o globo terrestre pela alta atmosfera. Esse botão é a essência da navegação da ferramenta.

Ainda no menu principal, dois botões se destacam: Primeiro, em uma imagem de dois mapas sobrepostos podemos alternar entre os tipos de mapas: I - Limpo, sem nenhuma fronteira, marcador, lugar ou estrada; 

II - Exploração, já nessa opção serão visualizados no globo as fronteiras, os lugares e as estradas. 

III - Tudo, é o modo de navegação em que aparecem as fronteiras, marcadores, lugares, estradas, rios, pontos de referências e outras informações.

O outro botão de destaque é a figura de uma régua que, ao clicar, permitirá que o viajante descubra as distâncias em linha reta entre dois pontos.

O Google Earth ainda possui uma incrível ferramenta, que é acionada clicando na imagem de um bonequinho que o levará a visualizar a imagem do lugar do nível do solo, como se realmente estivesse passeando ali, ao lado, na Torre de Pisa. Vale a pena conferir, confesso que esse tipo de navegação é um dos meus hobbies do mundo digital.

Este conteúdo é exclusivo para assinantes. Assine para acessar: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login