search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

As agoniantes cistites
Doutor João Responde

As agoniantes cistites

“Estou urinando de meia em meia hora”, queixou-se minha paciente. “Na verdade, parece que vou verter um oceano de urina, mas acabo eliminando apenas algumas gotas, sempre acompanhadas por uma desconfortável queimação. Cistite me dá nos nervos”, concluiu.

Conhecida como infecção urinária baixa, a cistite é frequentemente causada pela bactéria Escherichia coli, presente no intestino. Todavia, no trato urinário, esse germe pode infectar a uretra, a bexiga ou os rins. Outros microrganismos, como fungos, também podem gerar infecções vesicais.

Cistite provoca queimação intensa na bexiga. Durante um episódio de infecção, aumenta o número de vezes que a pessoa sente necessidade de urinar, tentando evitar distensões que geram dor e irritação.

Homens, mulheres e crianças estão sujeitos a infecções urinárias. No entanto, elas acometem, com maior frequência, o sexo feminino. Uma, a cada quatro mulheres, terá cistite no decorrer da vida.

Por terem a uretra curta, mulheres têm maior risco de invasão bacteriana. O uso de espermicidas, diafragma, chuveirinho e absorventes internos facilitam a contaminação da bexiga. Cistite actínica, provocada por radioterapia, e cistite intersticial, gerada por perda da camada protetora da parede da bexiga, são mais raras.

Além desses quadros de baixa imunidade, a doença também pode ser causada por estresse, diabetes, pneumonia, câncer, leucemias e hepatite crônica. É importante dizer que não existe qualquer relação entre infecção urinária e uso compartilhado de toalhas e banhos de piscina, pois não se trata de uma doença contagiosa.

O hábito de usar roupas justas ou de fibras sintéticas pode contribuir para o aparecimento da infecção, uma vez que a falta de ventilação facilita a proliferação bacteriana local.

O tratamento varia de acordo com os sintomas apresentados. Normalmente são prescritos antibióticos, para debelar a bactéria responsável pela cistite; antiespasmódicos e analgésicos, para aliviar o quadro doloroso; além de antissépticos, que também ajudam a eliminar a bactéria e aliviar os sintomas da cistite.

É importante que os remédios sejam usados conforme recomendação médica, para que o tratamento seja eficaz, evitando a recorrência da doença.

Além dos fármacos, alguns cuidados são imprescindíveis, como o aumento da ingestão de água, que eleva a produção de urina, facilitando a eliminação da bactéria, e banho de assento, visando aliviar o desconforto.

Uma fruta denominada cranberry, nativa dos Estados Unidos, vem sendo utilizada no tratamento da cistite. Acredita-se que ela contenha uma substância que impede a adesão das bactérias nas paredes da bexiga. Os índios norte-americanos já usavam essa fruta para prevenir e tratar doenças do trato urinário, há séculos. Vários estudos, infelizmente, não confirmaram sua eficácia.

Doenças recidivantes provocam desassossego no corpo e inquietude na mente. O que mais irrita na cistite é a incerteza da cura definitiva.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Doutor João Responde

A tortura da coluna travada

Estima-se que uma expressiva quantidade de pessoas tenha ao menos um episódio de dor na coluna, ao longo da vida. Em alguns casos, ela surge de forma tão intensa que deixa o indivíduo impossibilitado …


Exclusivo
Doutor João Responde

Perda de olfato

Anosmia é uma condição que corresponde à perda total ou parcial do olfato. Essa alteração pode estar relacionada com situações temporárias, como acontece durante uma gripe ou resfriado. Pode …


Exclusivo
Doutor João Responde

Efeito rebote de medicamento

Do mesmo jeito que uma bola volta a saltar quando a jogamos, os sintomas de uma doença podem reaparecer quando cessa o efeito daquilo que inicialmente a aliviou. Essa reversão da resposta, após a …


Exclusivo
Doutor João Responde

A sede lembra o valor da água

O ser humano não vive sem oxigênio, água ou alimento. Quando um destes falta ou escasseia, sua sobrevivência fica seriamente ameaçada. Nosso organismo não consegue ultrapassar quatro minutos sem …


Exclusivo
Doutor João Responde

Alívio da dor oncológica

De todos os sintomas que o paciente com câncer apresenta, a dor é sempre o mais temido. O sofrimento dessas pessoas é resultado da interação da percepção dolorosa associada à incapacidade física, ao …


Exclusivo
Doutor João Responde

Tutano: o miolo dos ossos

O corpo humano contém milhões de células. Todas elas exercem funções importantes no desenvolvimento do organismo, como, por exemplo, as células-tronco, que são encontradas na medula óssea. Medula …


Exclusivo
Doutor João Responde

Síndrome de Down e a ternura

O impacto do diagnóstico de um bebê com síndrome de Down pode trazer à tona sentimentos de medo, culpa, tristeza, vergonha e insegurança. Cada pessoa tem uma forma peculiar de lidar com esses …


Exclusivo
Doutor João Responde

Sono ninado pela melatonina

Diante do cansaço mental, as concentrações de oxigênio vão diminuindo no cérebro. Para compensar, o indivíduo começa bocejar, evidenciando vontade de dormir. Durante o sono, o sistema imunológic…


Exclusivo
Doutor João Responde

Valioso hemograma completo

Quando o médico solicita uma coleta de sangue, ele precisa dizer para o laboratório o que pretende que seja analisado na amostra enviada. Caso queira saber como andam os níveis de colesterol ou …


Exclusivo
Doutor João Responde

Relato sobre minha vacinação

A expectativa de ser vacinado contra a Covid-19 mexeu com meu sono. Assim que amanheceu, corri para o consultório visando adiantar o atendimento aos meus pacientes, já que o horário agendado para o …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados