search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Tenho angústia ou ansiedade?
Doutor João Responde

Tenho angústia ou ansiedade?

Acompanhada pelo marido, visivelmente inquieta, a paciente mal sentou e foi logo dizendo: “Doutor, eu ando muito nervosa e tudo me incomoda. Estou tendo dificuldade de dormir e vivo com dor de cabeça. Esse cansaço e essa fraqueza no corpo também não me largam.”

Nesse momento o marido interrompeu-a, dizendo: “De uns tempos pra cá, minha mulher vem criando confusão por nada. Além de reclamar de tudo, começou com um ciúme doentio. O senhor não vai acreditar, mas ela já chega do trabalho, ralhando comigo. Falou sobre uma loira que viajava ao lado dela, ontem, no ônibus. Como era muita bonita, todos ficaram olhando pra ela. Sim, mas e daí? Eu perguntei. ‘E daí que, se você estivesse lá, também teria olhado pra ela’.”

“Como o senhor está percebendo, Doutor, a patroa não está nada bem”.

Embora esse tipo de paciente apresente sintomas inespecíficos, como fadiga, insônia, tensão muscular, dor de cabeça, crise de choro, insegurança, tristeza, convém pesquisar alguma causa orgânica, antes de rotular o quadro como ansiedade ou depressão.

Enquanto eu buscava algum fator orgânico que justificasse os sintomas, ela me perguntou: “Ansiedade é a mesma coisa que angústia”?

Ansiedade vem de ansiar, que significa esperar. Angústia significa apertar, comprimir. Curiosamente o termo esperança também vem de esperar. Nesse caso, se referindo a um esperar calmo e harmonioso. Por outro lado, o ansiar de ansiedade é um esperar nervoso, tenso, cheio de preocupação. Ninguém diz, por exemplo, que tem esperança de vômito. Sempre afirmamos que temos ânsia de vômito.

Ansiedade traduz sempre algo subjetivo. Seus sinônimos são: apreensão, expectativa, temor, inquietude, nervosismo, etc.

Angústia é descrita como sensações desconfortáveis que aparecem no corpo, como consequência do deslocamento de emoções. Pode se apresentar como dor no peito, dificuldade de respirar, palpitação, cefaleia, tontura e assim por diante.

Ansiedade é a angústia da alma e angústia é a ansiedade do corpo.

Após ter acabado de examinar a paciente, ela questionou se não poderia estar acometida por alguma doença orgânica, além dessas manifestações de cunho psíquico.

Eu respondi que, embora sua avaliação física estivesse perfeita, iria solicitar alguns exames de natureza endócrina e imunológica.

Alguns dias depois, verificamos que todos os exames estavam normais.

Pelo que pude averiguar, a paciente tinha um forte componente hereditário, justificando sua fragilidade emocional. Existiam dois casos de suicídio na família, alertando para etiologia genética.
É claro que essa senhora, além de medicamentos, iria necessitar de acompanhamento psicoterápico.

O estresse libera adrenalina, que produz energia, fazendo o indivíduo lutar ou fugir daquilo que ameaça sua vida. Esse estado de espírito, que se manifesta no corpo, é denominado angústia. Quando a expectativa de medo se mantém, ele se transforma em ansiedade, essa convulsiva febre da alma.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Doutor João Responde

Doença como forma de protesto

Quando aquele casal entrou no consultório, eu não imaginava que os sintomas, descritos por ambos, revelavam uma linguagem cifrada para um se queixar do outro. Mal iniciei a consulta do marido, a …


Exclusivo
Doutor João Responde

“Não posso ficar doente, doutor!”

Há mais de três décadas, eu venho observando os olhares aflitos de alguns doentes, quando confrontados com a realidade da doença. Adoecer significa sair da ativa, tendo em vista que “paciente” quer …


Exclusivo
Doutor João Responde

Fadiga pode ser preguiça ou doença

Minha paciente esteve recentemente em outro médico, queixando-se de vários sintomas, tais como, calafrios, irritabilidade, fraqueza, tontura, dor de cabeça e, principalmente, cansaço que persiste o …


Exclusivo
Doutor João Responde

Quando o estresse vira veneno

Brotam preocupações nos semblantes das pessoas que aguardam na recepção daquele hospital. Na sala ao lado, uma mulher grita. De dentro dela, um médico puxa um neném todo sujo e amassado. Após levar …


Exclusivo
Doutor João Responde

Tenho medo de infartar de novo

Vítimas de infarto costumam temer o retorno da doença. É comum esse tipo de paciente confundir seus sintomas, acreditando que dores e desconfortos sejam sinais de um novo ataque cardíaco. Atendi …


Exclusivo
Doutor João Responde

Será que tenho mau hálito?

Bom dia! Em que posso ajudá-los? Dessa maneira iniciei a consulta daquela senhora, acompanhada pelo engraçado marido. “Doutor, meu esposo anda com brincadeiras sem graça, por causa do meu hálito. …


Exclusivo
Doutor João Responde

Causas de hemorroidas

Hemorroidas têm atormentado o homem desde tempos imemoriais, quando este tomou a postura ereta, uma vez que essa enfermidade só é encontrada na espécie humana. Existem referências dessa …


Exclusivo
Doutor João Responde

Doenças podem comprometer o funcionamento da tireoide

A glândula tireoide lembra uma borboleta, com seu corpo esguio agarrando-se à parte inferior da cartilagem tireoidiana, que está sobre a laringe, enquanto as asas, os dois lobos da glândula, estão …


Exclusivo
Doutor João Responde

Muitos gênios da humanidade foram disléxicos

Os primeiros profissionais que se interessaram pelos distúrbios da linguagem foram os oftalmologistas, afirmando não serem os olhos que leem, mas o cérebro. É importante lembrar que o indivíduo …


Exclusivo
Doutor João Responde

O nefasto câncer de próstata

Crescer por crescer é a filosofia do tumor. Mesmo que uma pessoa não possa adivinhar o futuro de uma doença, pode remediar o mal, livrando-se de suas consequências, trocando lamentação por prevenção. …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados