search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Polícia faz buscas na Bahia atrás do acusado de estuprar e engravidar sobrinha de 10 anos

Notícias

Publicidade | Anuncie

Polícia

Polícia faz buscas na Bahia atrás do acusado de estuprar e engravidar sobrinha de 10 anos


 (Foto: Divulgação / Site Prefeitura de São Mateus)
(Foto: Divulgação / Site Prefeitura de São Mateus)

O acusado de abusar sexualmente e engravidar a sobrinha de 10 anos em São Mateus foi indiciado na manhã desta quinta-feira (13) pelos crimes de ameaça e estupro de vulnerável. Um mandado de prisão preventiva contra ele foi expedido pela Justiça e, ainda na manhã desta quinta, equipes da Polícia Civil capixaba realizaram buscas em um município da Bahia, onde o acusado, de 33 anos, tem parentes. Ele não foi localizado e agora é considerado foragido.

“Os policiais foram informados que o suspeito fugiu do município para destino ignorado, em razão da divulgação do caso e da foto do acusado pelas redes sociais”, disse o delegado Leonardo Malacarne, titular da Delegacia Regional de São Mateus.

As investigações foram realizadas pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) de São Mateus com apoio da Delegacia Regional de São Mateus. Os familiares da menina e profissionais do Conselho Tutelar do município foram ouvidos. Além disso, a vítima também foi avaliada do médico perito da Polícia Civil.

“Contamos com o apoio de todos os policiais, bem como a presteza do Conselho Tutelar do município e das assistentes sociais que cuidam do caso, o que possibilitou que todas as fases do procedimento fossem céleres", completou o delegado.

Entenda o caso

Após sofrer abusos sexuais por parte do tio, uma menina de 10 anos engravidou do próprio agressor. A gestação foi confirmada através de um exame, feito no último sábado (8). O caso aconteceu em São Mateus, região Norte do Estado.

Os estupros eram praticados pelo tio da criança e já vinham acontecendo desde que ela tinha 6 anos. O bairro e o nome dos envolvidos não serão divulgados para preservar a vítima.

Uma tia da menina a levou no hospital pois achava que a criança estava grávida. Os profissionais de saúde perceberam que a barriga da vítima apresentava volume e realizaram um exame de sangue que comprovou a gravidez e indicou que já estava no terceiro mês da gestação.

Após ser ouvida, a criança recebeu uma medida protetiva, foi afastada do ambiente familiar onde vivia e encaminhada a um abrigo e receberá todo o suporte médico e psicológico do município até que uma decisão judicial seja tomada.

Repercussão nacional

O caso chamou atenção da ministra Damares Alves, que fez uma publicação em uma rede social afirmando que irá acompanhar o caso até o fim.

A reportagem de A Tribuna demandou o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos que respondeu que a Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e Adolescente providenciou acompanhamento psicológico para a criança e sua família, que será inserida em programas de assistência social. A assessoria de imprensa do ministério informou ainda que será realizado um exame de DNA para que seja instaurado o inquérito policial.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados