X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Petrobras transfere mil funcionários para Vitória

| 01/02/2020 14:38 h | Atualizado em 01/02/2020, 14:51

Os projetos de desinvestimento da Petrobras – que, nos últimos meses, tem vendido ativos e encerrado suas operações em diversos pontos do País, estão trazendo cerca de mil funcionários da estatal, entre próprios e terceirizados, para Vitória.

Prédio da Petrobras, em Vitória, onde funcionários de Campos, São Mateus e da Bahia irão trabalhar.
Prédio da Petrobras, em Vitória, onde funcionários de Campos, São Mateus e da Bahia irão trabalhar. |  Foto: Thiago Coutinho/Arquivo AT 04/05/17

A informação é do coordenador do Fórum Capixaba de Petróleo e Gás da Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes), Durval Vieira de Freitas, segundo o qual, a estatal está centralizando suas ações em três escritórios: Vitória, Macaé (RJ) e Rio de Janeiro capital.

“Muitos dos funcionários de unidades que estão sendo fechadas estão vindo para cá, tanto de Campos e Bahia. Isso é muito legal para nós, pois há um movimento de aluguel de imóveis, compras, alimentação em restaurantes, mais crianças em escolas. E é um pessoal de um nível aquisitivo melhor.” Ele ressalva que do próprio Estado, de São Mateus, também estão sendo transferidos funcionários para Vitória.

Durval explicou que do total, 700 pessoas vieram de Campos, no Rio de Janeiro. O fechamento de bases em outros locais, é claro, não significa criação de empregos aqui, mas, como há esse deslocamento de pessoas para cá, há uma grande movimentação no setor de serviços e aluguel”, destacou.

A Petrobras informou que, seguindo seu plano estratégico 2020-2024, com foco em produzir óleo e gás em águas profundas e ultraprofundas, a companhia tem realizado mudanças para maximizar resultados.

A petroleira confirmou que já fez a transferência de aproximadamente 1.300 empregados onshore e offshore para darem suporte às novas operações da unidade de negócios de Exploração e Produção do Espírito Santo, que passou a administrar, a partir de 2018, os campos de Albacora e Albacora Leste e, mais recentemente, em julho de 2019, o campo de Roncador, todos localizados na Bacia de Campos.

“Adicionalmente, em 2020, chegarão para trabalhar no Edifício Vitória mais 250 empregados em áreas como Contabilidade e Tributário, Suprimento de Bens e Serviços, Poços e Sistemas Submarinos, oriundos de processos de otimização de bases administrativas”, informou, por nota, a assessoria da Petrobras.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS