search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Vitória abre novos agendamentos online para vacina nesta quarta

Notícias

Saúde

Vitória abre novos agendamentos online para vacina nesta quarta


Idosa recebe a vacina contra a gripe, em Vitória (Foto: André Sobral / Divulgação PMV)
Idosa recebe a vacina contra a gripe, em Vitória (Foto: André Sobral / Divulgação PMV)
Vitória irá reiniciar - nesta quarta-feira (25) - o agendamento online para a vacinação contra a gripe, em todo o município. A Secretaria Muncipal de Saúde (Semus) recebeu sete mil novas doses de vacinas contra gripe, do Ministério da Saúde.

O agendamento está aberto no portal da Prefeitura de Vitória e no aplicativo Vitória Online apenas para idosos e profissionais de saúde.

Clique aqui para acessar a página do Agendamento Vitória

Para marcar a imunização, basta clicar na categoria "Saúde" e depois selecionar o serviço "Vacinação Influenza".

A Semus garante que todas as 124.700 pessoas do público-alvo da campanha em Vitória serão imunizadas.

Vale ressaltar que as vacinas são distribuídas exclusivamente pelo Ministério da Saúde e a liberação de novas vagas no sistema para o agendamento on-line depende sempre da entrega dos novos lotes. "O sistema foi configurado para que possamos imunizar todos sem filas, sem aglomerações e em segurança. Até o final da campanha, todos serão imunizados", afirma a secretária de Saúde, Cátia Lisboa.

Locais de vacinação

A vacinação será realizada nas Escolas Municipais de Ensino Fundamental (Emefs) e Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) localizados próximos às unidades de saúde de Vitória que possuem sala de vacinação:

  • US Andorinhas – EMEF Izaura Marques da Silva
  • US Alagoano – CMEI Sinclair Phillips
  • US Centro – CMEI Ernestina Pessoa
  • US São Pedro V – CMEI Zilmar Alves Mello
  • US da Penha – EMEF Zilda Andrade
  • US do Quadro – CMEI Odila Simões
  • US Praia do Suá – EMEF Aristóbulo Barbosa Leão
  • US Forte São João – CMEI Terezinha Vasconcellos Salvador
  • US Grande Vitória – CMEI Eldina Maria Soares Braga
  • US Consolação – CMEI Carlos Alberto M. de Souza
  • US Ilha de Santa Maria – EMEF Irmã Jacinta Soares S Lima
  • US Ilha do Príncipe – EMEF Moacyr Avidos
  • US Itararé – EMEF Ceciliano Abel de Almeida
  • US Jabour – EMEF Adão Benezath
  • US Jardim Camburi – EMEF Elzira Vivácqua dos Santos
  • US Jardim da Penha – EMEF Alvaro de Castro Mattos
  • US Jesus de Nazareth – EMEF Edna de Mattos S Gaudio
  • US Maria Ortiz – CMEI Rinaldo Ridolfi
  • US Maruípe – EMEF Suzete Cuendet
  • US República – CMEI Marlene Orlande Simonetti
  • US Resistência – CMEI Anisio Spindula Teixeira
  • US Santa Luiza – CMEI Zélia Viana de Aguiar
  • US Santa Martha – EMEF Marieta Escobar
  • US Santo Antônio – CMEI Darcy Vargas
  • US Santo André – EMEF Tancredo de Almeida Neves
  • US Ilha das Caieiras – EMEF Francisco Lacerda de Aguiar
  • US São Cristovão – EMEF Professora Eunice P Silveira
  • US Fonte Grande – vacinação acontece na própria unidade

Acamados

A Semus mapeou os idosos residentes na capital que são acamados ou possuem mobilidade reduzida para serem imunizados em suas casas. Os agendamentos para receberem a dose da vacina serão feitos por meio dos agentes comunitários de saúde das unidades próximas às residências das pessoas idosas.

A vacinação segue o calendário do Ministério da Saúde.

• 1ª fase (a partir de 23/3) – Idosos com 60 anos ou mais e trabalhadores da saúde.

• 2ª fase (a partir de 16/4) – O sistema vai manter as doses para os idosos, mas também abrirá para professores das escolas públicas e privadas, profissionais das forças de segurança e salvamento, doentes crônicos e outras condições clínicas especiais.

• 3ª fase (a partir do dia 9/5) – Além dos primeiros grupos, crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes, puérperas (mães que tiveram bebês até 45 dias e apresentem algum documento que comprove a condição), povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionário do sistema prisional e adultos de 55 a 59 anos também poderão agendar sua vacinação.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados