Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Funkeiro MC Irak é assassinado a tiros dentro de condomínio

Além do funkeiro, um outro homem também foi atingido pelos tiros e morreu

Agência Folhapress | 03/01/2022 21:28 h

Funkeiro foi morto em condomínio
Funkeiro foi morto em condomínio |  Foto: Reprodução instagram irak.da.zs
 

Ewerton Matheus da Silva, de 19 anos, conhecido como MC Irak, morreu na tarde deste domingo (2) após ter sido baleado em um condomínio na cidade de Garapu, no Cabo de Santo Agostinho, região Metropolitana do Recife. Além dele, outro homem de 30 anos também foi atingido.

Segundo informações da polícia civil, um deles morreu no local enquanto o outro foi socorrido para uma unidade hospitalar, mas não resistiu aos ferimentos.

A irmã de MC Irak informou a morte do artista por meio das redes sociais. No Instagram, ela lamentou: "Arrancaram um pedaço de mim", escreveu em publicação. Ainda, segundo ela, o velório ocorreu na madrugada desta segunda-feira (3) por volta das 3h da manhã. Não há informações sobre o enterro.

Em nota, a Polícia Civil informou que está investigando o caso.

MC MORTO A TIROS

Em dezembro do ano passado, MC Boco do Borel, pioneiro do brega funk ao lado de MC Sheldon, foi morto a tiros enquanto se preparava para se apresentar em um bar na praia de Serrambi, em Ipojuca, local próximo a Porto de Galinhas, em Pernambuco.

Segundo informações do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) local repassadas à TV Jornal, o MC estava começando a sua apresentação quando um homem com touca ninja, que cobria o rosto, foi para a frente do palco e disparou tiros de arma de fogo. O bar não tinha câmeras de segurança.

A perícia apontou que o cantor teve 15 perfurações pelo corpo, inclusive na cabeça. Ele chegou a receber socorro, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS