X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Adolescente que matou contador em Cariacica tinha passagem pela polícia

O crime aconteceu na tarde do último domingo (06) em Cariacica. Rodrigo reagiu a um assalto e morreu após ser baleado

Anny Freire | 10/02/2022 18:03 h

O adolescente de 17 anos que foi apreendido, na noite de quarta-feira (09), suspeito de ser o autor dos disparos que mataram o contador Rodrigo Silva da Vitória, de 44 anos, havia passagem pela polícia, de acordo com o secretário de segurança pública, Alexandre Ramalho.

O crime aconteceu na tarde do último domingo (06) em Cariacica. Rodrigo reagiu a um assalto e morreu após ser baleado.

De acordo com Ramalho, o jovem já havia sido preso. “Nós estamos exaustos por prender as mesmas pessoas. Esse jovem de 17 anos já tinha passagem pela polícia e, mais uma vez, comete mais um crime e retira uma vida de forma tão ignorante como estamos assistindo”, disse.

O secretário de segurança falou, também, que as leis brasileiras precisam ser mudadas para que esse tipo de situação não aconteça. 

“Nós temos que mudar, não podemos tolerar mais essa cena. E não podemos colocar a cobrança nas nossas policias. A pergunta é: ate quando nós vamos ter que presenciar leis que estão sendo banalizadas e a premissa maior no Brasil sendo a liberdade dessas crápulas retirando vidas e ceifando a alegria de famílias”, ressaltou.

A apreensão do adolescente foi realizada por equipes da Divisão de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV). Além do adolescente, outro suspeito, que teve participação no latrocínio, foi identificado.

A Polícia passará mais informações sobre este caso durante uma coletiva de imprensa, na tarde desta quinta-feira (10)

Entenda o caso

Rodrigo estava em uma festa de aniversário infantil, no bairro Bela Aurora, em Cariacica, com a mulher e duas filhas. Por volta das 16h30, ele deixou o local e foi até o carro, que estava estacionado na rua, buscar um pertence pessoal, quando parou na calçada para conversar com um amigo. Neste momento, um carro para na rua e dois suspeitos saem e anunciam o assalto.

Os bandidos exigiram a chave do carro do amigo de Rodrigo e roubaram dele um cordão de outro. Como ele estava sem a chave, Rodrigo entregou a chave de seu carro. Os bandidos então ameaçam deixar o local, até que um outro carro se aproxima do veículos dos bandidos. 

Rodrigo então decide reagir e entra em luta corporal com um dos bandidos. Ele então faz cinco disparos e ferem a vítima. O suspeito foge enquanto Rodrigo, ferido, volta para a casa onde acontecia o aniversário para pedir ajuda, mas acaba não resistindo e morre ainda na calçada.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS