X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Assine A Tribuna
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Vitória faz 4 a 2, impõe 2ª derrota seguida ao Atlético-MG e deixa zona de rebaixamento


O Vitória surpreendeu na noite desta quinta-feira, ao fazer 4 a 2 no Atlético-MG no Barradão, em Salvador (BA), pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. O time mineiro, que jogou sem Hulk e Paulinho, perdeu a segunda seguida na competição.

Com o resultado, o Vitória consolida ainda mais sua reação. Invicto há quatro jogos e com duas vitórias seguidas, o time chegou a nove pontos e saiu da zona de rebaixamento. O Z-4 agora é formado por gigantes: Vasco, Corinthians, Grêmio e Fluminense. O Atlético, que já tinha sido goleado pelo Palmeiras por 4 a 0, permanece com 13 pontos.

O Atlético-MG foi o primeiro a balançar a rede, mas o gol de Cadu não valeu, pois estava impedido. Na sequência, aos sete minutos, o Vitória marcou e valeu. Matheuzinho recebeu na meia-lua, ajeitou rápido e chutou de esquerda para acertar o ângulo. Um golaço.

A vantagem, porém, não durou muito. O Atlético-MG teve um pênalti a seu favor e, aos 13 minutos, Gustavo Scarpa converteu. Depois, Pedrinho invadiu a área pela esquerda e chutou com perigo, mas o goleiro defendeu.

Apesar de chegar menos ao ataque, o Vitória era muito perigoso e ampliou o placar aos 43 minutos. Raul Cáceres fez boa jogada pela direita e tocou para Willian Oliveira, que finalizou de primeira dentro da área para marcar.

Mesmo com as mudanças, o Atlético seguiu com bastante dificuldade no segundo tempo. O Vitória fez o terceiro aos 20 minutos, novamente com Willian Oliveira. Após cruzamento da direita, a bola ficou com o volante, que dominou e chutou rasteiro para fazer mais um.

O Atlético tentou se jogar ao ataque para buscar o resultado, mas acabou levando mais um aos 30 minutos. Após boa troca de passes, Jean Mota arrancou pela direita e cruzou rasteiro, encontrando Eryc Castillo para completar.

Ainda deu tempo de o Atlético diminuir. Aos 43, Scarpa avançou pela esquerda e chutou forte. O goleiro defendeu, mas no rebote Palacios marcou. A reação, porém, parou por aí.

Os dois times voltam a campo no domingo, às 18h30, para a 11ª rodada. O Atlético recebe o Fortaleza na Arena MRV, em Belo Horizonte (MG), enquanto o Vitória visita o Red Bull Bragantino no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).

FICHA TÉCNICA

VITÓRIA 4 X 2 ATLÉTICO-MG

VITÓRIA - Lucas Arcanjo; Raúl Cáceres (Pablo Baianinho), Caio Vinícius, Wagner Leonardo e Lucas Esteves; Willian Oliveira, Luan Vinícius (Fábio) e Léo Naldi (Rodrigo Andrade); Matheuzinho (Jean Mota), Alerrandro e Osvaldo (Eryc Castillo). Técnico: Thiago Carpini.

ATLÉTICO - Everson; Saravia, Battaglia, Bruno Fuchs e Rômulo (Alan Kardec); Igor Gomes, Alisson (Palacios), Zaracho e Gustavo Scarpa; Pedrinho (Robert Santos) e Cadu (Isaac). Técnico: Gabriel Milito.

GOLS - Matheuzinho, aos sete, Gustavo Scarpa, aos 13, e Willian Oliveira, aos 43 minutos do primeiro tempo. Willian Oliveira, aos 20, Eryc Castillo, aos 30, e Palacios, aos 43 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Caio Vinícius e Luan Vinícius (Vitória). Rômulo e Igor Gomes (Atlético).

ÁRBITRO - Marcelo de Lima Henrique (CE).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Barradão, em Salvador (BA).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: