search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Choperia é multada em R$ 6 mil por atender mais de 100 pessoas e após as 22h

Notícias

Publicidade | Anuncie

Cidades

Choperia é multada em R$ 6 mil por atender mais de 100 pessoas e após as 22h


Choperia multada por irregularidades durante a pandemia: mais de 100 clientes estavam no local (Foto: Reprodução de vídeo)Choperia multada por irregularidades durante a pandemia: mais de 100 clientes estavam no local (Foto: Reprodução de vídeo)

Uma choperia localizada no Centro de Linhares foi interditada e multada em R$ 6.317, na noite do último sábado (15). O motivo: o local funcionava após as 22 horas e abrigava mais de 100 pessoas, sendo a maioria sem máscara de proteção individual.

A choperia foi autuada por agentes da fiscalização e posturas da Prefeitura de Linhares, durante uma operação que contou com o apoio da Polícia Militar. O local, segundo o mapa de risco, elaborado pelo Governo do Estado, não poderia funcionar naquele horário.

Choperia é multada em R$ 6 mil por atender mais de 100 pessoas e após as 22h em Linhares (Foto: Divulgação/PML)Choperia é multada em R$ 6 mil por atender mais de 100 pessoas e após as 22h em Linhares (Foto: Divulgação/PML)

Esta, no entanto, não é a primeira vez que o local é autuado: outras duas multas e autuações já foram aplicadas entre fevereiro e maio deste ano, somando mais de R$ 12 mil em punições.

Já às margens da BR-101, um outro estabelecimento foi notificado, onde as atividades foram encerradas e as pessoas dispersadas.

“A ação teve como objetivo fiscalizar os estabelecimentos que estão burlando as normatizações referentes ao coronavírus. Fizemos vistorias em estabelecimentos em diversos bairros da cidade que possuem denúncias de aglomeração, e também de situações relacionadas”, explicou o diretor de fiscalização da Prefeitura de Linhares, Laurindo Charles.