search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Brasil cria duas regras tributárias por dia há 32 anos
Cláudio Humberto
Cláudio Humberto

Cláudio Humberto


Brasil cria duas regras tributárias por dia há 32 anos

A reforma tributária se torna mais necessária a cada dia, para destravar o crescimento econômico brasileiro.

Levantamento do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT) mostra que os legisladores brasileiros tiveram a capacidade de editar 419.387 normas tributárias desde a promulgação da Constituição. Segundo o IBPT, são 2,17 regras criadas todo dia útil desde 1988. Sempre para atrapalhar.

Burocracia bilionária
As milhares de regras levam as empresas a gastar R$ 162 bilhões por ano apenas para acompanhar as mudanças na legislação, diz o IBPT.

Valia para antes
Coordenador do IBPT, Gilberto Luiz do Amaral disse que as propostas “são ultrapassadas”; e não consideram todos os efeitos da pandemia.

Burocracia quilométrica
Cada empresa deve monitorar atentamente 4.377 regras se não quiser ter problemas. Impressas em papel A4, são 6,4 quilômetros de normas.

Brasil importará “vacina desenvolvida pelo Butantã”

A autorização da Anvisa para o governo de São Paulo importar 6 milhões de doses de vacinas do laboratório chinês Sinovac provocou estranheza no Palácio do Planalto.

Afinal, o governador João Doria tem repetido à exaustão o que a vacina é “desenvolvida em parceria com o Instituto Butantã”.

A importação autorizada na sexta confirma quem de fato desenvolve o imunizante, mas o Butantã continua sendo a principal referência brasileira no desenvolvimento de vacinas e outros fármacos.

Caráter “especial”
As autoridades paulistas se apressaram em divulgar que a importação da vacina será realizada “em caráter especial”.

Rótulo brasileiro
Até agora, a participação efetiva do Butantã foi materializada com a divulgação da embalagem da vacina com a denominação “Coronavac”.

Eu compro, você paga
Bolsonaro acha que a grita de Doria objetiva apenas encontrar quem pague a vacina encomendada pelo seu governo ao laboratório Sinovac.

Julgamento inócuo
O ministro Ricardo Lewandowski quer urgência no julgamento do STF sobre a tola ação do PDT que pretende tornar a vacina obrigatória, mesmo sabendo que não haverá vacinas para todos. Poderia aproveitar e ordenar, por sentença, que as vacinas se materializem no Brasil.

Holofote não esquenta
O café anda tão frio, na Câmara dos Deputados, que o presidente Rodrigo Maia teve de apelar para palpites na “polêmica” sobre a vacina entre o presidente Bolsonaro e o governador João Doria.

Craque na assessoria
O embaixador Carlos Alberto França, que se despede do Cerimonial, é o novo chefe da Assessoria Especial do Planalto. Precisa manter o preparo físico: terá de acompanhar despachos, levantar dados, preparar e-mails, estudos, tratar da agenda e acompanhar as viagens do Presidente.

Aulas no boteco
Um cursinho para concursos e vestibulares de Maceió expôs o ridículo da proibição de funcionamento de escolas, enquanto botecos e restaurantes estão liberados: dá suas aulas em um bar da cidade.

Luzes da indiferença
A Câmara gostou da moleza de “apoiar” causas apenas iluminando suas dependências. A mais nova será trocar rosa do câncer de mama pelo verde do nanismo. Agir, que é bom, aprovando projetos, quase nada.

Posse virtual
Após ser aprovado no plenário do Senado por 57 votos a 10, em sessão semipresencial, Kassio Nunes Marques tomará posse como Supremo Tribunal Federal (STF), em cerimônia virtual, semana que vem, dia 5.

Retomada
Associação de lojistas de shopping (Alshop) prevê a contratação de ao menos 82 mil empregados temporários para as vendas de fim de ano. A expectativa é de efetivação de cerca de 20% para continuar em 2021.

Pensando bem...
...no Congresso, quando o café esfria, não tem incêndio que esquente.

Poder sem pudor

Canelada no Palocci
Político sem papas na língua, o senador piauiense Mão Santa (PMDB) fez profissão de fé pela medicina, durante visita ao Senado do colega e ex-ministro da Fazenda, Antonio Palocci. O que era para ser uma sincera autocrítica como um alerta a Palocci, teve o efeito de uma canelada:
“Ministro, o senhor é médico, eu sou médico, nós entendemos tudo de pressão alta e triglicerídeos. Mas de economia, vamos ser francos, nós não entendemos é nada!” Palocci ficou pálido.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Cláudio Humberto

Lista da derrota tem mais gente, além de Bolsonaro

Só o presidente Jair Bolsonaro tem sido apontado como “derrotado” nas eleições deste ano, sobretudo pela imprensa, mas faltam personagens nessa história. O cearense Camilo Santana (PT), que trombetei…


Exclusivo
Cláudio Humberto

Estatais “dependentes” têm custo de R$ 17 bilhões

De acordo com o Relatório Agregado das Empresas Estatais Federais (RAEEF) da Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais, do Ministério da Economia, está embutido no custo bilionário …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Eleição durante pandemia foi decisão irresponsável

O súbito aumento de casos da Covid-19 mostra que as eleições deste ano pandêmico de 2020 foram um erro grotesco, sob o ponto de vista sanitário. O Congresso e a Justiça Eleitoral apenas adiaram o …


Exclusivo
Cláudio Humberto

País gasta R$ 101 bilhões só com pessoal de estatais

As 46 empresas estatais sob controle direto da União custam R$ 101 bilhões por ano aos pagadores de impostos e possuem mais de 448 mil funcionários. Os dados constam no Relatório Agregado das Empesas …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Oposição e ONGs tentam impor plano Lula ao governo

Uma espécie de “internacional socialista” saiu das catacumbas para se juntar a ONGs, que perderam o dinheiro fácil dos governos do PT a e influência, para usar o Supremo Tribunal Federal (STF) a fim …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Dilma quer bolada milionária da comissão de anistia

A ex-presidente cassada Dilma Rousseff tenta arrancar da Comissão de Anistia do Ministério da Justiça “reparação” por haver pedido demissão do “cargo” de estagiária e de assistente técnica da …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Eleitor de Boulos é branco, rico e mora nos Jardins

A maioria dos eleitores do candidato Guilherme Boulos (Psol) reside em bairros de classe média alta, onde ele próprio viveu a maior parte de sua vida, ou bairros de elite como os Jardins, e, …


Exclusivo
Cláudio Humberto

PT e PSDB são os gigantes que encolhem domingo

PSDB e PT, que já foram considerados gigantes, saem encolhidos das eleições de 2020. Há quatro anos, o PT conquistou 254 municípios já no primeiro turno, este ano despencou para 179, queda de mais de …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Justiça eleitoral dá vexame e é a grande derrotada

Após um dia sem grandes surpresas, o primeiro turno das eleições deste ano ficou marcado como uma derrota da Justiça Eleitoral e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), responsáveis pela apuração e …


Exclusivo
Cláudio Humberto

“Raposas” tomam conta do “galinheiro” das agências

A ideia de criar agências reguladoras foi pelo ralo, nos governos do PT, quando lobistas e políticos passaram a indicar seus representantes para direção nas agências. Hoje, a frase “raposa …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados