Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Vítima de acidente na Praia do Canto passa por exames no São Lucas

Notícias

Cidades

Vítima de acidente na Praia do Canto passa por exames no São Lucas


 (Lucas Rudeck Sampaio e Marcelo Sampaio, que sobreviveu ao acidente - Foto: Divulgação)
(Lucas Rudeck Sampaio e Marcelo Sampaio, que sobreviveu ao acidente - Foto: Divulgação)

O produtor de eventos Marcelo Sampaio, de 22 anos, que sobreviveu ao acidente impressionante que aconteceu na manhã deste sábado (21) na Avenida Saturnino de Brito, na Praia do Canto, em Vitória, continua internado no Hospital de Urgência e Emergência (São Lucas) e passa por exames. A informação é da mãe do jovem, a vendedora Rita de Cássia, de 52 anos.

Ela contou que ainda não sabe direito como o filho está. "Ele está lá dentro do hospital, parece que estão fazendo uma drenagem do sangue, mas não sei ainda se teve alguma fratura, se vai passar por cirurgia, porque alguns exames precisam ser feitos", destacou a mãe.

Rita lembrou que ele está bem, acordado, lúcido e conversando. E que soube do acidente pelos amigos do filho. "Uns amigos dele que ajudaram a socorrê-lo me ligaram e avisaram. Mas tiveram uma delicadeza e uma diplomacia para lidar com um assunto tão sério que me me emocionou. Eles me deram a notícia por etapas. Disseram que houve um acidente, mas que o Marcelo estava bem. Então perguntei do meu sobrinho, aí eles me contaram", lamentou.

Lucas Rudeck Sampaio, de 24 anos, era primo de Marcelo, dirigia o carro e morreu no local do acidente. Ele perdeu o controle do Volkswagen Santana branco, bateu contra uma árvore e o carro partiu ao meio. Além de colidir contra a árvore, também atingiu um dos semáforos para pedestres da via.

Rita de Cássaia destacou que os dois jovens estavam na boate a trabalho. "Os dois eram trabalhadores. O Marcelo bebia, sim, mas hoje eu não sei", ressaltou.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados