Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Verstappen rouba a cena no início da temporada e é elogiado por chefe

Esportes

Esportes

Verstappen rouba a cena no início da temporada e é elogiado por chefe


Enquanto fala-se muito no duelo entre Mercedes e Ferrari, um piloto está aproveitando para roubar a cena neste início da temporada da Fórmula 1. Max Verstappen está em terceiro no campeonato, à frente das duas Ferrari, e vem impressionando o chefe Christian Horner.

O holandês foi o terceiro colocado no GP da Austrália, conquistando um pódio logo na primeira corrida da parceria da Red Bull com a Honda. Na etapa seguinte, só não repetiu o feito devido a um Safety Car nas últimas voltas, uma vez que tinha ritmo suficiente para superar Charles Leclerc, que sofria com problemas no motor.

O holandês foi o terceiro colocado no GP da Austrália, conquistando um pódio logo na primeira corrida da parceria da Red Bull com a Honda.  (Foto: Instagram/Max Verstappen/@maxverstappen1)
O holandês foi o terceiro colocado no GP da Austrália, conquistando um pódio logo na primeira corrida da parceria da Red Bull com a Honda. (Foto: Instagram/Max Verstappen/@maxverstappen1)

Já no último final de semana, na China, Verstappen conseguiu se manter perto o suficiente das Ferrari na parte inicial da prova e, ao antecipar sua parada nos boxes, superou Leclerc e até chegou a ultrapassar Vettel momentaneamente. Mas o alemão conseguiu se manter em terceiro e o holandês cruzou em quarto.

Como a Red Bull ainda não tem a mesma velocidade de reta que Mercedes e principalmente Ferrari, e tem enfrentado dificuldades para acertar o carro, os resultados de Verstappen chamam ainda mais a atenção. "Max pilotou muito na China, e ainda que ele tenha lutado bastante para passar Vettel e lutar por um pódio, não tínhamos ritmo para passar a Ferrari."

Os resultados de Verstappen são ainda mais impressionantes se comparados aos de seu novo companheiro, Pierre Gasly. Mesmo que o francês diga que não está adaptado à Red Bull, a diferença é grande: Gasly tem até o momento um 11º, um oitavo e um sexto lugares.

Perguntado pela reportagem o que acredita que está faltando para a Red Bull lutar por vitórias, Verstappen disse que são duas as principais áreas: velocidade de reta e aderência do carro. "Na China, estava ventando muito e acho que nosso carro é mais sensível a isso do que os outros. E é claro que a velocidade máxima não é o que gostaríamos que fosse. Mas as coisas estão em um bom caminho. Só temos de continuar forçando e melhorando o equilíbrio do carro e também do ponto de vista do motor. Não estou desapontado porque sei que tirei o máximo do carro."

Após três etapas disputadas, Verstappen tem 39 pontos. O líder do campeonato é Lewis Hamilton, com 68, seguido pelo companheiro de Mercedes, Valtteri Bottas, que tem 62. As Ferrari vêm em quarto e quinto, com Vettel somando 37 pontos e Leclerc, 36. A próxima etapa da Fórmula 1 será disputada dia 28 de abril, no Azerbaijão.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados