Esportes

Esportes

Vasco evita contato em aeroporto, e torcedores protestam em São Januário


Por temer protestos, a delegação do Vasco desembarcou na tarde desta segunda-feira (10) no Rio de Janeiro por uma saída alternativa do aeroporto do Galeão. O grupo pegou um ônibus ainda à beira da pista de pouso e evitou o contato com torcedores e jornalistas.

Os vascaínos viajaram de Salvador, onde perderam para o Vitória por 1 a 0 no domingo (9), no Barradão. Cerca de dez membros de organizadas do clube estiveram presentes no aeroporto para cobrar o elenco pelos maus resultados recentes. O Vasco é o 16º colocado do Brasileiro, logo acima do Z-4, com 24 pontos.

Paralelamente à chegada do time cruzmaltino ao aeroporto, torcedores também realizaram um protesto em São Januário. Ovos e garrafas foram arremessados na fachada do clube. Os muros ainda foram pichados com mensagens pedindo a saída do presidente Alexandre Campello.

Segundo reportagem do jornal Lance!, o carro de Campello e de alguns conselheiros que chegavam ao clube para a reunião do Conselho de Beneméritos foram danificados. A Polícia Militar foi acionada, e tiros de bala de borracha foram dados para dispersar os manifestantes.