search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Vai doer no bolso
Painel da Folha de São Paulo

Vai doer no bolso

Parlamentares apostam na reação de diversos setores da economia – e dos governos federal, estaduais e municipais – para esfriar a pressão em torno da aprovação da execução de pena após condenação em segunda instância.

O texto articulado na Câmara antecipa a punição não só na área criminal, mas também na cível e na trabalhista. Isso significa que disputas contra empresas e contestações tributárias, como precatórios, teriam de ser pagos antes de esgotados todos os recursos.

Sacrifício compartilhado - O entendimento é o de que não apenas as empresas, mas também a União e os estados, em dificuldade para pagar até salários de servidores, poderão se ver no dilema de ter que arcar com dívidas inesperadas com o avanço da proposta.

Juntos mais fortes - Aliados do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), dizem que a ideia de tocar o assunto junto com a Câmara surgiu para proteger a ele e a Rodrigo Maia (DEM-RJ). A atuação afinada diluiria a pressão de grupos nas redes sociais e evitaria um ping-pong entre as duas Casas.

Limites - Conselheiros de Alcolumbre e Maia avaliam que o projeto de lei alternativo ao da Câmara, elaborado no Senado com auxílio de Sergio Moro (Justiça), é inconstitucional.

Tempo ao tempo - Maia tem garantido a gregos e troianos que o assunto será debatido na Casa com responsabilidade. O texto preparado pela Câmara, já aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça, será enviado a uma comissão especial. A expectativa é que o colegiado discuta a proposição por, no mínimo, um mês.

Dia D - Integrantes do Conselho Nacional do Ministério Público seguem apostando em placar amplamente desfavorável ao procurador Deltan Dallagnol no colegiado. Um dos processos contra ele deve ser analisado na terça (26). A previsão é a de que o caso resulte em advertência.

Na memória - Entidades que militam pelo combate à corrupção viram a operação deflagrada semana passada contra integrantes do Tribunal de Justiça da Bahia acusados de venda de sentenças como um marco. Para dirigentes desses grupos, a ofensiva representa a mais dura derrota já imposta ao corporativismo judicial.

Na memória 2 - A operação, que atingiu quatro desembargadores e dois juízes, foi autorizada pelo ministro Og Fernandes.

Papel passado - Dentro do grupo que trabalha pela criação do Aliança pelo Brasil, de Jair Bolsonaro, há quem defenda que os futuros filiados assinem um termo de compromisso no qual se comprometam a empunhar bandeiras e a votar de acordo com as diretrizes da sigla –a favor do armamento e contra o aborto, por exemplo.

Hospedeiro - O deputado Luiz Philippe de Orleans e Bragança (PSL-SP) defende que, no pior cenário, caso o Aliança não seja criado a tempo de seus quadros disputarem as eleições municipais, a sigla tente firmar coligações informais com legendas aliadas.

Hospedeiro 2 - A ideia é que os nomes que depois migrarão para o Aliança se abriguem temporariamente em partidos já estabelecidos, como o Patriota, apenas para participar da disputa.

Cristão-novo - Dirigentes de partidos que lideram ofensiva publicitária contra os estigmas do centro dizem que, depois que o divórcio com o presidente Jair Bolsonaro estiver 100% concluído, o PSL deve se somar à iniciativa.

Tira com uma mão... - Especialistas em contas públicas identificaram um paradoxo na agenda econômica de Rodrigo Maia (DEM-RJ). Se por um lado o presidente da Câmara defende medidas que travam o aumento dos gastos obrigatórios, como novas regras fiscais, do outro apoia o aumento de despesas no pacote social de Tabata Amaral (PDT-SP).

...e dá com a outra - A proposta amadrinhada pela deputada tem o impacto calculado em R$ 9,8 bilhões por ano.

Menos mal - O líder do governo no Congresso, Eduardo Gomes (MDB-TO), acredita que a melhora da economia e a esperada geração de empregos podem diluir parte do mal-estar provocado pelo Programa Verde-Amarelo, que traz entre outras inovações a proposta de taxar seguro-desemprego.

TIROTEIO

"Insiste-se na proposta que, na verdade, é uma licença para matar. Será uma multiplicação de tragédias; o Estado homicida"

De Felipe Santa Cruz, presidente da OAB, sobre tentativa de reinserir o excludente de ilicitude no pacote anticrime discutido na Câmara.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Ao infinito e além

A principal tese que circula, por ora, nos bastidores do Congresso e do Judiciário para validar a recondução de Davi Alcolumbre (DEM-AP) teria como consequência prática a possibilidade de eternizar …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Na saúde e na doença

Damares Alves, que levou pautas da sua base evangélica (ela é pastora) para o ministério que chefia, está preparando um guia classificado como inédito para instruir municípios a fortalecer “vínculos …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Vencimento

Vencimento A pouco mais de uma semana da marca de 90 dias com Eduardo Pazuello no cargo de ministro interino da Saúde, o governo federal não dá sinais de que vá tirá-lo da posição. Quando …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Fla x Flu

Os movimentos do PGR, Augusto Aras, para acessar os bancos de dados das forças-tarefas da Lava Jato são vistos por parte dos procuradores como uma corrida dele contra o tempo para ser escolhido para …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Em nome deles

O fotógrafo Sebastião Salgado gravou um vídeo para fazer um apelo ao Supremo. Ele pede que os ministros da Corte determinem a expulsão de invasores de sete terras indígenas como meio de evitar a …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Gatilho: a criação da nova cédula de R$ 200

A criação da nova cédula de R$ 200 vai na contramão do combate à lavagem de dinheiro, segundo especialistas. Para tomar a decisão, o Banco Central não consultou nenhum dos órgãos de controle e …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Tropeço

Para o deputado Orlando Silva (PCdoB-SP), coordenador dos debates na Câmara sobre o projeto que visa combater a disseminação de notícias falsas, o Facebook erra ao não tirar do ar fora do Brasil os …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Longe demais

Por determinação do ministro do STF Alexandre de Moraes, o Twitter bloqueou internacionalmente, ontem, contas bolsonaristas que são alvos do inquérito das fake news. Na semana passada, perfis foram …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Sitiada

Além da ofensiva do PGR, a Lava a Jato deve sofrer novo golpe em breve. O relator de um dos casos de Deltan Dallagnol vai defender que o procurador seja removido da força-tarefa de Curitiba. Um …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Ouvidoria

O ministro André Mendonça (Justiça) recebeu reclamações de ministros de cortes superiores sobre a atuação da Polícia Federal nas operações nos últimos dias. Foram duas queixas: 1) as ações estariam …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados