Vaca atolada na polenta

Gabriela Rebello
Gabriela Rebello
Polenta? Um alimento típico da cultura italiana, mas muito conhecido aqui no Brasil. Pode ser servida mole, dura, grelhada ou frita e ainda recheada com uma variedade imensa de molhos.

Antigamente considerada “comida dos pobres”, a polenta hoje é usada em diversos restaurantes e bistrôs, sem essa nomeação.

Inicialmente, a sua base era a farinha de aveia, mas também podiam ser preparadas com outros cereais, como o trigo.

Hoje, seu destaque se dá por ser à base de milho, o que confere a este alimento os benefícios de ajudar no controle intestinal, controle da glicemia sanguínea, redução do colesterol e melhora dos problemas cardíacos em geral, e isso tudo se dá devido a sua alta concentração de fibras.

Outra grande vantagem é que não possui glúten, sendo assim, muito recomendada para os portadores de doença celíaca.

Fonte de carboidratos, a polenta também é indicada para os anêmicos e aqueles que buscam o ganho de peso.

Mas para os que buscam a perda de peso, atenção! Cerca de 100 gramas de polenta equivalem a 314 kcal.

Se encantou com os benefícios deste alimento? Vamos degustar?

Vaca atolada na polenta

Ingredientes

Polenta – 2 litros de água, 3 xícaras (chá) de fubá e sal a gosto.
Bolinho – 3 quilos de costela de boi (sem osso), 2 quilos de aipim cozido, 1 xícara de farinha trigo integral e 1 xícara de tempero verde, sal a gosto e alho amassado a gosto.
Decoração – Queijo da roça ralado, bacon picadinho frito e couve picada.

Modo de preparo

Para a polenta, ferva a água em uma panela grande. Acrescente o fubá lentamente, mexendo bem.
Deixe cozinhar por uma hora, misturando de vez em quando.
A polenta estará pronta quando estiver consistente e soltando dos lados e do fundo da panela. Reserve.
Cozinhe o aipim com sal até ficar bem mole, passe pelo espremedor e reserve.
Cozinhe na panela de pressão a costela com o tempero verde, sal e alho, até ficar bem mole. Depois, desfie bem a carne.
Junte o aipim amassado com a carne desfiada e faça uma massa homogênea. Coloque trigo integral para dar liga. Faça bolinhos e frite em óleo quente.
Coloque em um prato fundo a polenta mole, ponha os bolinhos fritos por cima, salpique queijo ralado, bacon e couve por cima. Sirva quente.

Delicia não é mesmo? Quem fizer, tira foto e marca a Nutri nas redes sociais #nutridicascomgabi.
Bom final de semana e até a próxima semana!


últimas dessa coluna


Beber durante a refeição faz mal?

É muito comum beber algo durante as refeições. Muitos tomam refrigerantes, enquanto outros preferem opções mais naturais, como chás, sucos e água. Mas será que tomar líquidos durante as refeições faz …


O álcool está engordando você?

Você não dispensa aquele chope gelado no fim de semana ou um drinque com os amigos no happy hour? Há muitos fatores que afetam a perda de peso, tornando o processo mais complicado do que pode …


Colorau: vilão ou mocinho?

Entre todos os temperos, o colorau se destaca por sua coloração intensa, ainda que seja considerado um tempero de sabor fraco para boa parte dos paladares. Seu uso não é muito comum de forma primária …


É para você papai!

Mais um Dia dos Pais está chegando... Eles não são os mais famosos quando o assunto é cuidados com a saúde e alimentação exemplar, mas isso é algo que pode ser mudado. Os homens merecem uma atenção …


Custa caro?

Dentre as desculpas para não se fazer dieta, a campeã é de que custa caro para se manter uma alimentação saudável. Mas a boa notícia é que não é preciso gastar muito para se manter o equilíbrio na …


Facilite sua vida

Um dos motivos pelo qual as pessoas ainda insistem em usar os temperos prontos é a facilidade de ter sempre algo à mão, sem precisar de muito trabalho. Mas assim como muitos outros aspectos de uma …


Petiscos fit

Não é porque você está em processo de reeducação alimentar que precisa abrir mão da sua vida social. Muitas pessoas, com medo de cair em tentação, evitam se reunir com os amigos para jantar ou fazer …


Festa junina magrinha

A tapioca é uma delícia, mas em festas normalmente os recheios são aqueles bem calóricos. Aposte em recheios com queijos magrinhos ou frutas, por exemplo. A espiga de milho possui poucas …


Queda de cabelo: o que comer?

Em especifico, a queda de cabelo, pode estar relacionada a diversas causas e dentre elas está à deficiência de alguns nutrientes e por isso indivíduos que não se alimentam de forma adequada, …


27/11/17

quais os alimentos que podem prevenir o câncer?

No dia 27 de novembro, é celebrado o Dia Nacional de Combate ao Câncer. E, no quadro Nutridicas desta semana, a nutricionista Gabriela Rebello traz as dicas de quais são os alimentos que são …