Fabiana Tostes

Fabiana Tostes


Unificação dos campos de petróleo

Um dos primeiros projetos que o governador Renato Casagrande pretende enviar agora com a nova Assembleia é um pedido de autorização para um acordo com a Petrobras.

O acordo é para que a Petrobras reconheça a ação, ainda do 1º mandato de Casagrande, pela unificação dos oito campos petrolíferos do Parque das Baleias, o que tende a aumentar o repasse dos recursos de Participação Especial (PE) – compensação financeira pela produção do petróleo – ao Estado.

O acordo também pede o pagamento de retroativos desde 2014, que foi quando a Agência Nacional do Petróleo (ANP) determinou a unificação. “Vamos enviar esse projeto autorizativo à Assembleia para fechar o acordo com a Petrobras”, disse Casagrande ao deixar a posse dos deputados estaduais, na última sexta-feira. Além disso, o governo também estuda outros planos de destinação para esse recurso.

Outro destino
O secretário da Fazenda, Rogélio Pegoretti, está à frente de um estudo sobre a destinação dos recursos que o Estado recebe com a produção de petróleo. “Temos que ter uma boa gestão desses recursos que um dia podem acabar. É preciso destiná-los às gerações futuras”, disse o secretário. O que é destinado aos municípios não deve ser mexido.

Davi, líder do prefeito?
O prefeito de Vitória Luciano Rezende (PPS) convidou o vereador Davi Esmael (PSB) para ser seu líder na Câmara de Vitória. O convite chama a atenção, já que num passado recente os dois andaram se estranhando, com Davi perdendo indicados na prefeitura. Questionado, o vereador disse que está “orando” sobre o convite e que não há prazo para a resposta.

Majeski leva Educação?
O deputado Sergio Majeski foi o único a votar contra a Mesa Diretora da Assembleia na última sexta-feira e, por isso, há dúvidas se ele vai presidir a Comissão de Educação, que tanto almeja na Casa. Questionado, ele disse não saber se seria indicado. Outros deputados também evitaram bater o martelo.

Só alegria!
O prefeito de Ibiraçu, Duda Zanotti, enviou quatro projetos à Câmara: um aumenta o salário do magistério em 22,5%, adequando ao piso nacional; outro cria o plano de cargos e salários dos servidores municipais, reivindicação de mais de 30 anos; há o que revisa a tabela de vencimento dos servidores do Serviço Autônomo de Água e Esgoto e, por fim, atualizou os salários dos procuradores, o que contempla os servidores ativos e inativos.

Rodrigo Coelho vai relatar contas de Casagrande
O conselheiro Rodrigo Coelho será o relator das contas de 2019 do governador Renato Casagrande. A escolha do nome do conselheiro foi definida na última quarta-feira – 1ª sessão ordinária do ano. A definição do nome foi do plenário, por meio de rodízio. Coelho entrou no Tribunal de Contas no ano passado, com a vacância da vaga do conselheiro aposentado José Antonio Pimentel. Antes, o conselheiro era líder do ex-governador Paulo Hartung na Assembleia.

Escola reaberta
O ensino médio noturno da escola de Mata Fria, em Afonso Cláudio, será reaberto, segundo anunciou o secretário da Educação, Vitor de Ângelo, em suas redes sociais. “Anunciamos com muita alegria a reabertura de um dos casos mais emblemáticos de fechamento de escolas na gestão anterior”, disse Ângelo.

Honra os cabelos brancos
O deputado Danilo Bahiense foi acompanhado do pai receber a comenda da posse, na sexta-feira.

Lado a lado
A petista Iriny Lopes e o tucano Vandinho Leite estão lado a lado. Pelo menos nos assentos do plenário. Segundo a assessoria da Assembleia, os lugares são sorteados.

Evair senador?
Chamou a atenção, ontem, na sessão que elegeu o comando do Senado, a presença do deputado federal Evair de Melo, que se posicionou bem ao lado do microfone para onde estavam voltadas todas as câmeras.