Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

União no combate ao feminicídio
Plenário
Fabiana Tostes

Fabiana Tostes


União no combate ao feminicídio

Dois programas da Secretaria de Estado da Segurança – um da Polícia Militar e outro da Polícia Civil – serão o carro-chefe no combate à violência contra a mulher. O Estado registrou um aumento de 54,5% nos casos de feminicídio – entre janeiro e abril de 2019 foram 17 casos contra 11 no mesmo período de 2018.

“Esse é um tema que é muito caro para nós e temos como meta a redução dos casos de feminicídio”, disse o secretário de Estado da Segurança, Roberto Sá. Questionado sobre qual seria a meta, ele disse que é diminuir, tendo como referência mais próxima os dados do ano passado.

Na PM, vai aumentar a área coberta pela Patrulha Maria da Penha. E, sob o comando da Polícia Civil, vai rodar o programa “Homem que é homem” – este atua diretamente com homens, autores de violência doméstica, para evitar reincidência. “Um vai complementar o outro, onde tiver maior índice de violência contra a mulher”, disse o secretário.

Cerco eletrônico

Outra meta da Secretaria da Segurança é implantar o cerco eletrônico em todo o Estado, a começar pela região metropolitana. Hoje, por iniciativas municipais, Vitória e Vila Velha já têm o serviço. Aracruz também está implantando. O cerco também é um aliado no combate à violência, principalmente no atendimento mais rápido à vítima.

Pasta da inclusão

O deputado estadual Hércules Silveira pediu ao governo do Estado que crie uma subsecretaria para tratar dos direitos das pessoas com deficiência, embora o governador Renato Casagrande já tenha dito anteriormente que não iria aumentar o número de pastas e subpastas. Hércules apontou para a unificação e potencialização de políticas inclusivas.

Manato, o cozinheiro!

O assessor da Casa Civil Carlos Manato vai voltar com seus dotes culinários e preparar um jantar para a ministra de Direitos Humanos, Damares Alves, nesta terça-feira (14). “Ela vai jantar lá em casa”, disse Manato, que já fez moqueca capixaba para o presidente Jair Bolsonaro e para colegas da Câmara Federal.

Só na indireta

Durante visita ao Estado, Fernando Haddad defendeu mais “generosidade” entre os atores políticos.
“A generosidade tem que imperar sobre projetos pessoais, tem que ter a clareza de pegar a pessoa mais bem posicionada e dar palanque e não imaginar que você falando sozinho irá mudar o mundo.” Questionado se estava se referindo à postura do PDT no 2º turno, negou. “É até pra nós (PT) para um ambiente que precisa ser criado”.

PMN fecha com Audifax. Mas e a Cleusa?

O PMN, comandado pela deputada Janete de Sá, fechou, na semana passada, que vai caminhar com a Rede do prefeito da Serra, Audifax Barcelos, o que quer dizer que o candidato de Audifax para sua sucessão vai ter o apoio do partido. Porém, a única vereadora do partido na Serra, Cleusa Paixão, está na oposição. “Isso é um problema interno do partido (PMN), mas o apoio foi fechado”, disse o porta-voz estadual da Rede, André Toscano.

Reforço

O deputado federal Amaro Neto protocolou projeto de lei para obrigar que os bancos disponibilizem, durante o horário bancário, um funcionário para atendimento exclusivo aos idosos e pessoas com deficiência nos caixas de autoatendimento.

Estudantes na rua

Estudantes do Ifes de Nova Venécia foram às ruas, na última sexta-feira, para protestar contra possíveis cortes nos recursos do instituto.

Depoimento

Está marcado para hoje, às 8h, o depoimento do presidente da Câmara da Serra, Rodrigo Caldeira, como testemunha de defesa do vereador Fábio Duarte para uma das comissões processantes instauradas na Casa.

Contra o roubo de fios

Projeto do vereador de Vitória Sandro Parrini obriga que empresas façam cadastro dos fornecedores de fios de cobre, para evitar o roubo e comercialização ilegal do material.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora

Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados