search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Um olhar especial para a vida nas vias capixabas
Tribuna Livre

Um olhar especial para a vida nas vias capixabas

O que seria do trânsito se não fosse o pulsar, pensar, caminhar, o agir de cada pessoa ao acelerar, ultrapassar e atravessar nas ruas, avenidas e rodovias? No meio de tantos verbos e de nós, seres humanos que fazemos o trânsito e tudo que o envolve acontecer, nos falta, sem dúvidas, conjugar de uma vez por todas a obediência à sinalização, o respeito à legislação e a prudência em nossos comportamentos.

É preciso enxergar que a vida passa pelas vias, como as veias que transitam pelo corpo até chegar ao coração. Pode não ser a minha nem a sua, mas mesmo se o percurso for perto, logo ali, os batimentos de alguém, com os mesmos direitos que eu e você, podem ser interrompidos.

Por isso, é imperativo que o motorista, o motociclista, ciclista, pedestre e usuário de outros meios de mobilidade assumam cada um a responsabilidade para que a segurança, e mais, a saúde de todos prevaleça no trânsito.

É equivocado achar que uma escolha errada no trânsito influencie somente o infrator, com pagamento de multa e prejuízo à própria integridade física e vida. Segundo a Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet), seis de cada 10 leitos de UTI do país são ocupados por vítimas de acidentes de trânsito, totalizando um custo de 45 bilhões de reais por ano.

É um montante suficiente para construir 1.800 hospitais ou 28.000 escolas. Esses dados mostram invariavelmente que somos todos vítimas de acidentes, direta ou indiretamente.

Vale destacar que o excesso de velocidade ainda é a maior causa de acidentes, seguido no ranking na maioria das vezes por consumo de álcool e uso de celular ao dirigir.

Ou seja, são ações movidas exclusivamente por escolhas que fazemos. Imagine que, em média, uma pessoa gaste nove segundos para atender a uma chamada telefônica, conforme projetam especialistas, e enquanto que, para responder a uma mensagem de texto, dure de 20 a 23 segundos. Agora calcule quantos segundos de vida a distração, seja por uma interação no smartphone ou causada pelas consequências da mistura bebida alcóolica e volante, podem fazer você perder se ocorrer um acidente de trânsito. Na verdade, nem tente, pois o valor da vida é incalculável.

Nesse cenário de modernidade, celeridade e busca pela otimização das tarefas diárias, as quais, inegavelmente, influenciam no comportamento humano em busca de rapidez nas ações cotidianas, o trânsito está inserido de forma direta. Mas é preciso aliar esse novo modelo aos pilares básicos a serem observados em qualquer relação: empatia e o cuidado com o próximo. Este é o principal legado que as atividades da Semana Nacional de Trânsito, que formalmente ocorreu de 18 a 25 de setembro com participação ativa do Detran-ES, deixa para as pessoas.

A vida tem que ser conduzida de forma leve, os momentos bons explorados de forma intensa e os ruins enfrentados com sabedoria. Façamos o trânsito nosso de cada dia assim também: respeitando o espaço do outro, dando preferência, sendo cordial.

Que transitemos com mais educação e atitudes responsáveis, e sejamos todos multiplicadores de boas condutas. Pois no trânsito, o sentido é a vida.

George Pereira Alves é diretor técnico do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-ES), advogado e professor.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Tribuna Livre

Telemedicina como solução para a “terceira onda” do coronavírus

O mundo neste momento se uniu em uma pesquisa maciça sobre o novo coronavírus. As medidas de prevenção, estatísticas de óbitos por região, opiniões sobre isolamento são narradas por leigos e …


Exclusivo
Tribuna Livre

Duas pandemias: Covid-19 e obesidade

Desde que a OMS classificou a Covid-19 como uma pandemia, a população vivencia mudanças na vida e na comunicação sobre saúde. Medidas de isolamento social para conter o avanço da doença foram …


Exclusivo
Tribuna Livre

Estudo mostra que autismo cresce no mundo e no Brasil

O mais novo levantamento do Centro de Controle de Doenças e Prevenção (CDC) dos Estados Unidos traz números preocupantes sobre a prevalência do Transtorno do Espectro Autista (TEA) no País, acendendo …


Exclusivo
Tribuna Livre

Mundo não será mais o mesmo depois da pandemia

Viveremos, no pós-pandemia do novo coronavírus, um “new normal”, ou seja, um novo normal. O mundo não será mais o mesmo. As nossas vidas não serão mais as mesmas. Mudanças que o mundo demoraria …


Exclusivo
Tribuna Livre

Tratamento do câncer infantil deve continuar durante pandemia

Tempos difíceis. O vírus, que nos últimos meses transformou a vida das pessoas, chegou para somar num universo de problemas de saúde pré-existentes, entre eles, o câncer, que acomete crianças e …


Exclusivo
Tribuna Livre

Criança no cenário da pandemia é assunto de gente grande

Na Idade Média, de acordo com alguns sociólogos da infância, a criança era vista e tratada pela sociedade como uma espécie de miniatura de adulto. Essa ideia perdurou ao longo de muito tempo. …


Exclusivo
Tribuna Livre

Profissionais da saúde superam desafios e não se deixam abater

A realidade pandêmica, que ressurge ao longo da nossa história, desperta na sociedade o sentimento de aflição, angústia e medo. Diante do desespero social que se instala, os profissionais da linha de …


Exclusivo
Tribuna Livre

Ordoliberalismo como base da Economia Social de Mercado

Os primórdios de uma lei que regule a livre concorrência podem ser encontrados no pensamento cameralista austríaco de fins do século XVIII. Posteriormente, a aplicação de princípios jurídicos para …


Exclusivo
Tribuna Livre

Duzentos anos da profissão que tem a missão de cuidar

Neste mês de maio, a Enfermagem comemora 200 anos de reconhecimento dessa nobre profissão. E, por falar nisso, você, leitor, me reconhece? Eu sou aquele que o acolhe quando sua saúde se encontra …


Exclusivo
Tribuna Livre

É preciso mais ética e menos corrupção durante a pandemia

Na semana em que o Brasil ultrapassa, com folga, a primeira dezena de milhares de mortos em razão da Covid-19, inúmeras matérias jornalísticas chamam nossa atenção para outro problema gravíssimo, a …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados