search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Toma que o filho é teu
Painel da Folha de São Paulo

Toma que o filho é teu

A tentativa do Planalto de dissociar o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) do ingresso do subprocurador Antônio Carlos Simões Martins Soares na corrida pelo posto de procurador-geral da República incomodou integrantes do Legislativo e do Judiciário.

Flávio intermediou contatos de Simões com parlamentares e integrantes de cortes superiores. E o próprio cotado não esconde, nas conversas, a proximidade com o filho de Jair Bolsonaro –num tom que, inclusive, causa estranhamento.

Sem pai nem mãe - Dentro do Ministério Público Federal, Simões é visto como outsider por todas as alas que compõem a Procuradoria. A rejeição a ele é tamanha que ministros do STF temem a instalação de um quadro de isolamento e resistência ao nome que hoje é favorito ao posto.

Cada um por si - Integrantes do Supremo e da cúpula da PGR lembram que o grau de autonomia dos procuradores é enorme e que Bolsonaro pode estar fazendo um cálculo equivocado ao imaginar que indicando alguém da estrita confiança de sua família vá conseguir controlar a corporação como um todo.

Rebelião - O efeito, alertam esses ministros e procuradores, tende a ser o oposto: uma espécie de insubordinação generalizada às diretrizes de Simões.

Vapt-vupt - O suprocurador esteve com o presidente do Supremo, Dias Toffoli, na quinta (15), mas a conversa não chegou a dez minutos, segundo pessoas próximas ao ministro. Eles devem falar novamente nesta semana. Toffoli, até agora, não se dispôs a fazer movimento para endossar o nome de Simões –mas também não sinaliza veto.

Árvore genealógica - O apoio a Simões de uma parte dos integrantes de cortes Superiores do Rio se deve à amizade dele com o advogado Marcelo Fontes, sócio do escritório de Sergio Bermudes.

Quase - Levantamento de um aliado do governo no Senado indica que Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ) está a sete votos da aprovação no plenário para embaixador do Brasil nos EUA. Esse seria o número que separa o filho do presidente da maioria na Casa.

Todos contra um - Entre os cerca de 21 senadores que pregam a renovação no Senado, a maioria, avalia um integrante do grupo, é contrária à nomeação de Eduardo. Essa ala prega a tese de que a indicação é ato de nepotismo.

Vá com Deus - Integrantes dos três Poderes acompanham com atenção a reação da cúpula da Receita, que ameaça entregar os cargos em solidariedade a João Paulo Fachada, afastado da subsecretaria-geral do órgão nesta segunda (19). Com ironia, autoridades que torcem o nariz para o ex-número dois do Fisco dizem que há torcida para que os colegas dele honrem a ameaça.

Do meu tamanho - Apesar de a pressão sobre a Receita partir do presidente Jair Bolsonaro, servidores do órgão preferem concentrar artilharia em ministros do TCU (Tribunal de Contas da União) e do Supremo que proferiram decisões contrárias à instituição.

Vamos dar as mãos - O objetivo seria evitar constranger parlamentares bolsonaristas e lavajatistas que podem ser úteis na defesa da instituição por meio do diálogo com o presidente. E, de quebra, atacar inimigos em comum.

Por você - A articulação de senadores para tentar abrir nova CPI da Lava Toga usará como argumento a suspensão de dois servidores da Receita pelo Supremo.

Dois pesos - O afastamento dos dois auditores gerou comoção entre colegas. Nos processos administrativos disciplinares, um foi apenas advertido e o outro, inocentado.

Para ontem - A coordenadora do grupo de trabalho da Câmara que analisa o pacote anticrime de Sergio Moro, Margarete Coelho (PP-PI), quer tentar encerrar os trabalhos do colegiado nesta semana.

Visita à Folha - João Miranda, diretor-presidente da Votorantim, visitou a Folha nesta segunda-feira (19). Estava acompanhado de João Schmidt, diretor de Desenvolvimento Corporativo, Sérgio Malacrida, diretor de Finanças, Alessandra Tucci, gerente-geral de Comunicação, e Lia Mara Sacon, diretora de Atendimento da FleishmanHillard Brasil.

TIROTEIO

"Entregar dados da Receita sem aval judicial é violar um direito protegido pela Constituição, o que é inadmissível."

Do advogado Antonio Cláudio Mariz de Oliveira, sobre diálogos que mostram a Lava Jato requisitando oficiosamente informações do Fisco.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Dourando a pílula

Centro da mais nova polêmica entre o Planalto e o Ministério da Saúde, a médica Nise Yamaguchi classifica o trabalho de Luiz Henrique Mandetta como muito bom, diz que há uma politização em cima da …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Sem freio

Jair Bolsonaro foi descrito pelo presidente do Congresso, Davi Alcolumbre (DEM-AP), em conversas reservadas, ontem, como o motorista de um caminhão em alta velocidade em direção a um muro, e que …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Saidão

O Depen (Departamento Penitenciário Nacional) estima que 30 mil presos tenham sido liberados no País por decisões judiciais em virtude da recomendação dada pelo CNJ (Conselho Nacional de Justiça) em …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Devagar

Devagar A relação direta entre as medidas do isolamento e o achatamento da curva de casos de coronavírus em São Paulo tem sido questionada por especialistas e secretários estaduais de Saúde. A …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Discurso x ação

Apesar das declarações de Jair Bolsonaro sobre preocupação com desemprego, políticos e integrantes do Judiciário apontam ao menos cinco posturas contraditórias do governo com este discurso. O …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Água e azeite

Apesar da troca de afagos entre João Doria (PSDB-SP) e Lula (PT) nas redes sociais nesta quinta (2), a chance de uma união de líderes partidários, especialmente de ex-presidentes da República, é …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Batata quente

O coronavírus aumentou o jogo de empurra no cenário político brasileiro, na avaliação de integrantes do Congresso, do Ministério Público e do Judiciário. Fora a condução desastrada de Jair Bolsonaro, …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Carga pesada

Um dos líderes da paralisação de 2018, Wallace Landim, conhecido como Chorão, afirma que os caminhoneiros devem parar se os governadores não recuarem nas medidas de isolamento social contra o novo …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

E agora, José?

A insatisfação dentro do governo Jair Bolsonaro com Luiz Henrique Mandetta (Saúde) transbordou os limites do Palácio do Planalto. Na equipe econômica, liderada por Paulo Guedes, as aparições …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Alô, presidente

O governador Ronaldo Caiado (DEM-GO) afirma que a “urgência urgentíssima” do momento é que o governo Jair Bolsonaro tome medidas o mais rápido possível para garantir a alimentação das pessoas. …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados