search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Test Drive: conheça o GLA, o queridinho do público feminino
Sobre Rodas

Test Drive: conheça o GLA, o queridinho do público feminino

Montado em São Paulo, o GLA tem design moderno e interior funcional. No destaque, as saídas de ar-condicionado lembram uma turbina  de avião e a central multimídia não é  integrada ao painel (Foto: Assessoria Mercedes Benz)
Montado em São Paulo, o GLA tem design moderno e interior funcional. No destaque, as saídas de ar-condicionado lembram uma turbina de avião e a central multimídia não é integrada ao painel (Foto: Assessoria Mercedes Benz)

Lançado no País em meados de 2017 com uma pequena reestilização, o Mercedes-Benz GLA chegou com a missão de atrair para a marca um público mais jovem, mas, com o passar do tempo, acabou virando o queridinho da mulherada.

Mas o que será que esse carro tem de tão especial para atrair um público tão exigente? Sobre Rodas teve a oportunidade de constatar os principais atributos do SUV compacto de luxo da marca durante test drive a bordo da versão Advance, que é a intermediária e a mais vendida da linha.

Por fora, o carro – que está à venda na Vitória Motors Mercedes-Benz por R$ 174.900 – tem design moderno e arrojado. Por dentro, há espaço, conforto, bom acabamento e uma ampla lista de equipamentos de série (ver tabela).

Sob o capô, o GLA Advance traz motor 1.6 turbo flex que rende 156 cv e torque de 25,5 kgfm. Ele vem acoplado a um câmbio automatizado de dupla embreagem e sete marchas. Se preferir, o motorista pode efetuar as trocas através das borboletas atrás do volante.

Com o conjunto, o modelo acelera de 0 a 100 km/h em 8,1 segundos e atinge a velocidade máxima de 215 km/h, limitada eletronicamente, segundo a fabricante.

Num percurso de aproximadamente 200 quilômetros entre Vitória e a região de Pedra Azul, considerando o trajeto de ida e volta, o GLA mostrou boa disposição tanto no asfalto quanto em estrada de chão. As saídas e retomadas são bastante ágeis e o câmbio tem trocas rápidas e suaves.

A direção elétrica é leve em manobras, mas ganha peso conforme a velocidade aumenta, oferecendo respostas precisas. O condutor pode ainda escolher entre quatro modos de condução. O comportamento muda bastante de uma configuração para outra, especialmente em relação ao câmbio.

Os assentos, do tipo concha, estão disponíveis em duas cores: preta e cinza, que exige um cuidado extra dos ocupantes para ficar sempre limpinho. Vale destacar também os pneus run flat, que não deixam o motorista na mão caso furem no meio do caminho. É possível percorrer 80 km a uma velocidade de até 80 km/h sem fazer a substituição.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados