Notícias

Polícia

Taxista de 80 anos morre após carro despencar de barranco em suposto assalto


Um taxista morreu na noite desta quarta-feira (9) após atropelar um pedestre, bater contra um muro e cair em um barranco em Sapopemba, na zona leste da capital paulista.

Francisco Capistrano da Costa, 80, foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos e morreu antes de ser atendido em um hospital da região.

A Polícia Civil, que abriu inquérito para apurar as circunstâncias da morte da vítima, investiga uma possível tentativa de assalto contra o idoso durante o acidente.

O crime foi registrado por volta das 20h na avenida Arquiteto Vilanova Artigas. Francisco pegou três passageiros e foi surpreendido por eles com o anúncio de um assalto.

Segundo a polícia, o taxista teria reagido ao assalto e lutado contra um dos criminosos. Foi nesse momento que ele perdeu o controle do veículo, atropelou um pedestre de 46 anos e viu seu carro despencar em um barranco.

Os suspeitos não prestaram socorro ao idoso e fugiram do local com escoriações leves, segundo testemunhas que presenciaram o acidente. O pedestre atropelado foi levado para o Hospital de Sapopemba. O estado de saúde dele é considerado grave.

Até o início da manhã, nenhum dos três suspeitos havia sido preso pela polícia.