search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Talles Magno, a estrela que vai
Gilmar Ferreira
Gilmar Ferreira

Gilmar Ferreira


Talles Magno, a estrela que vai

As boas atuações do meia-atacante Talles Magno pela seleção brasileira sub-17, no torneio conquistado nesta terça-feira, na Inglaterra, começam a encaminhar a saída da jovem estrela do Vasco.

O jogador que ajeitou o time de Vanderlei Luxemburgo está sendo observado por representantes de clubes europeus e já há, nos bastidores de São Januário, quem dê como certa a saída em junho do próximo ano, quando completará a maioridade.

Os direitos econômicos de Talles Magno estão fixados em 30 milhões de euros (R$ 135 milhões).

O tema é assunto proibido em São Januário, onde a diretoria do Vasco trabalha com dificuldades para viabilizar recursos financeiros.

Mas é voz corrente entre conselheiros a informação de que o agente Carlos Leite, espécie de “iminência parda” do futebol vascaíno, já encaminhou ao presidente Alexandre Campello sondagens para a compra do camisa 11 da seleção.

Lembrando que o Sporting de Lisboa tem a preferência para levar o jogador, pacto firmado quando da liberação do meia Bruno César para o Vasco.

Talles Magno, lançado por Vanderlei Luxemburgo em jogos do Brasileiro, antes mesmo de completar os 17 anos, tem presença certa na seleção do técnico Guilherme Della Déa, que em outubro disputará o Mundial da categoria, no Brasil. E não será surpresa se, até lá, as negociações já estiveram concluídas.

Com dois meses de salários atrasados, dívidas com credores e um Centro de Treinamento a construir, a venda do jogador, com parte do pagamento adiantado, resolveria o ano do clube.

Carlos Leite, o agente que socorre as finanças do Vasco, ainda não tem a representação do jogador. Até outubro, a carreira de Talles é gerenciada pelo empresário Matheus Braga, da LifePro, empresa que intermediou as vindas de Maxi López, Leandro Castán e Bruno César.

Mas a família já notificou que não renovará o acordo, e a jovem promessa passará a ser representada pela Carlos Leite Sports — empresa que no início de 2019 passou a cuidar da carreira do irmão Kaio Magno, o Somália, de 20 anos.

Nas divisões de base do clube, o atacante não teve o brilho do irmão. E, emprestado ao Ceará, não teve bom aproveitamento. O contrato com o Vasco vai até dezembro.

Carlos Leite é o agente que nos últimos dois anos negociou o zagueiro Luan, os meias Douglas e Matheus Pet, e o atacante Paulinho — todos revelados em São Januário.

E foi também que ajudou o clube na contratação de Vanderlei Luxemburgo.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Gilmar Ferreira

O vencedor

Flamengo e Vasco não fizeram um jogo como outro qualquer do Campeonato Brasileiro na noite de quarta-feira, no Maracanã. Horas após o final da partida ainda havia quem não tivesse entendido a …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

O bom duelo

Já há algum tempo não se via um clássico Flamengo x Vasco com qualidade tão distinta em reta final de Brasileiro. Nos anos de conquista de título, tanto de um lado quanto do outro, houve sempre …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Minhas impressões

O número de pontos que faz do Flamengo a bonita máquina de quebrar recordes no Brasileiro traz de volta a discussão sobre a atual fórmula de disputa criada pela CBF em 2003 — polêmica, por ora, …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Polêmica sem fim

Tantos foram os avisos que já nem me surpreendo mais com as reclamações sobre as marcações polêmicas em favor de A, B ou C. A CBF amarrou mal o pacote de implementação do VAR no futebol …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

A volta ao início

Logo depois que o conselho da Conmebol decidiu, em fevereiro de 2018, que a Libertadores de 2019 seria disputada em final única, três cidades se lançaram como candidatas a receber o evento: Lima …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Minhas impressões

O Flamengo chegou a 71 pontos, com 21 jogos de invencibilidade de Jorge Jesus — entre Brasileirão e Libertadores —, e uma certeza: a força ofensiva põe o time num ponto fora da curva. O líder do …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

A cartilha

Quer dizer então que a diretoria do Fluminense já não acredita que o ex-interino Marcão seja o nome mais indicado para tirar o time do atoleiro em que se encontra no Brasileiro, não é mesmo? A nove …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Minhas impressões

O Flamengo não é só o líder do Brasileirão: o time tem os três maiores artilheiros da competição, e com requinte de superioridade: Gabriel Barbosa (19), Bruno Henrique (12) e Arrascaeta (11) têm, …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

A nova ordem...

Os bons resultados colhidos pela comissão técnica do português Jorge Jesus em quatro meses de trabalho no Flamengo têm provocado importantes reflexões nos bastidores do futebol. E, pelo que …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Futebol em duas eras

O Goiás levou seis gols. O Grêmio, cinco. O Vasco, quatro. Palmeiras, Internacional e Atlético/MG, três, cada um. Não dá mais para fingir que a superioridade do Flamengo sobre seus principais …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados