Notícias

Polícia

Suspeito de agredir e queimar a mulher com plástico quente é preso no Estado


Um homem de 27 anos foi preso em flagrante suspeito de ameaçar e agredir a própria mulher, uma dona de casa de 46 anos. O suspeito foi preso pela Polícia Civil, no bairro Vila Nova, em São Mateus, no Norte do Estado.

De acordo com a delegada titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) de São Mateus, Andréa Magalhães, a vítima foi agredida pelo marido com socos e chutes. Ela ainda teve a perna queimada com plástico quente.

Após as agressões a vítima buscou abrigo no Centro de Atenção Psicossocial (Caps) de São Mateus, e relatou o que havia acontecido. A direção do Caps entrou em contato com a delegada e a vítima foi levada até a delegacia.

“Diante da gravidade das lesões e do estado flagrancial, fomos até a residência do casal e prendemos o suspeito. Ele estava dormindo quando chegamos ao local. Durante o depoimento, ele disse que não havia feito nada e negou as agressões”, contou a delegada.

Segundo Andréa Magalhães, no início deste mês, a vítima, com o apoio do Caps, procurou a delegacia e disse que havia sido agredida pelo marido com socos, pontapés e pedradas. Ela ainda contou que ele tentou lhe dar uma facada, mas ela conseguiu se desvencilhar e pegar a faca. De acordo com a delegada, na ocasião, foi requerida medida protetiva de urgência, ainda sob apreciação do Poder Judiciário.

O suspeito foi indiciado pelos crimes de ameaça e lesão corporal de natureza grave, na forma da Lei Maria da Penha, e encaminhado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de São Mateus.