search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Sobram motivos para o Brasil investir no transporte marítimo
Tribuna Livre

Sobram motivos para o Brasil investir no transporte marítimo

Estradas precárias, segurança escassa e o preço do frete tabelado são alguns fatores que estão levando muitas empresas, no atual momento econômico, a repensarem os seus processos de distribuição e logística no país.

O Brasil possui uma vocação natural para a cabotagem, já que o País conta com mais de 8.500 km de costa navegável e cerca de 80% da população vive a até 200 km da costa.

O serviço ocorre no mar, mas também pode se estender para lagos ou rios – como acontece em algumas operações de transporte de cargas de e para Manaus.

É difícil entender por que um país com milhares de quilômetros de costa nunca tenha investido como deveria no desenvolvimento do transporte de cargas entre portos nacionais.

Mas a situação já foi bem pior. Hoje, apesar de 60% do transporte de cargas no Brasil ainda ser realizado por caminhões e carretas, muitos empresários já descobriram as vantagens do transporte marítimo, com custos até 30% menores que o transporte rodoviário.

A segurança de bordo é outra vantagem do transporte pelo mar, pois a carga não está sujeita a tantos roubos e assaltos, como acontece frequentemente nas rodovias.

O modal também contribui para o menor fluxo de carretas e caminhões nas estradas brasileiras, desafogando as rodovias, já que os navios conseguem carregar muito mais cargas do que os caminhões.

A movimentação de cargas pela costa brasileira ainda oferece como vantagem um menor consumo de combustível por tonelada transportada, com a consequente redução da emissão de poluentes, o que torna a cabotagem um benefício também para o meio ambiente.

Levando em conta todos esses benefícios, a cabotagem vem crescendo entre 15 e 30% ao ano, mas isso ainda é pouco, principalmente se levarmos em consideração a grande costa brasileira que pode ser muito melhor aproveitada.

Apesar de trabalhar com um tempo de embarque, desembarque e deslocamento maior, com uma boa programação a opção pelo mar pode ser a mais vantajosa e muito melhor explorada, considerando todo o imenso potencial existente.

Com a greve dos caminhoneiros em 2018, ficou evidente a necessidade de se ampliar as opções de transporte de cargas no país. O Plano Nacional de Logística tem um destacado papel como vetor no estabelecimento de prioridades de investimentos, buscando um maior equilíbrio entre os modais.

Com a urgente priorização dos investimentos na infraestrutura portuária do país, será muito mais viável para os agentes econômicos usufruírem mais e melhor da extensa e privilegiada costa brasileira, como uma nova e importante supervia, integrada à capilaridade do transporte terrestre.

Se o planejado se concretizar, até 2025, a dependência das rodovias cairá para 32% no transporte de cargas, gerando uma economia de até R$ 54,7 bilhões por ano a partir de 2025. Um avanço extraordinário no esforço de redução do chamado custo Brasil, que tem reduzido sensivelmente a competitividade dos produtos brasileiros no mercado mundial.

Há décadas a infraestrutura portuária do País clama por investimentos. É hora de fazermos o dever de casa acumulado e dotar o país da infraestrutura que merece e precisa.

São muitos anos de atrasos, planos e postergações que não serão resolvidos de um ano para o outro. Mas a hora de uma retomada dos investimentos necessários na infraestrutura portuária do país é agora

Marcos Lopes é gerente executivo do Sindicado dos Operadores Portuários do Espírito Santo


últimas dessa coluna


Exclusivo
Tribuna Livre

O Rio de Janeiro continua lindo, mas até quando?

Matéria jornalística exibida recentemente no Rio de Janeiro apresentou dados aterrorizantes da criminalidade no estado. Os dados apontam um mapa inédito do crime e foi produzido pela Polícia …


Exclusivo
Tribuna Livre

Desafios da liderança em tempo de pandemia e home office

O ambiente organizacional ao longo dos anos vem passando por várias mudanças como, por exemplo, desenvolvimento de tecnologias, mudança dos mercados, das relações de trabalho, dentre outras. Além …


Exclusivo
Tribuna Livre

A pandemia, o déficit de visibilidade e o desvario do olhar

No antigo normal, na vida que se vivia em duas fatias, a presencial e a digital, o olhar e o dar-se ao olhar alheio permitiam uma verdadeira farra de visibilidade. Mas, no meio da vertigem de …


Exclusivo
Tribuna Livre

Motivação no isolamento torna a rotina menos estressante

Diante de uma pandemia e do isolamento social, pessoas com rotinas agitadas foram de repente obrigadas a desacelerar. Ganharam mais tempo com a família, aumentaram os afazeres de casa, tiveram seus …


Exclusivo
Tribuna Livre

Congresso tem mais funcionários do que 48 municípios do Estado

O Congresso Nacional aprovou e já está em pleno vigor a Lei Complementar nº 173, de 27 de maio de 2020, que trata da ajuda financeira a estados e municípios e estabelece o “Programa Federativo de …


Exclusivo
Tribuna Livre

Desafios da educação após a pandemia do novo coronavírus

Estudos recentes, como em Todos pela Educação (05/2020), mostram que os desafios com que se defrontarão gestores e profissionais da Educação quando do retorno das aulas presenciais são de tal …


Exclusivo
Tribuna Livre

A digitalização dos planos de saúde acelerada pela pandemia

Grandes desafios podem provocar grandes revoluções. A necessidade de superar adversidades leva a humanidade a repensar hábitos e valores e a usar todo o seu potencial de criação. Nestes tempos …


Exclusivo
Tribuna Livre

A importância da Lei da Fauna capixaba em tempos de Covid

Em dezembro de 2019, foi sancionada a Lei Estadual de Proteção à Fauna que, dentre outros assuntos, cuida da prevenção de doenças advindas da relação humana com os animais, alertando sobre o perigo …


Exclusivo
Tribuna Livre

Relacionamentos abusivos mais evidentes durante a pandemia

É significativo o aumento de casos de violência doméstica durante o isolamento social. Mas, infelizmente, a pandemia apenas traz à tona questões já presentes. É num momento de excesso ou modificação …


Exclusivo
Tribuna Livre

Peste, indiferença e luta

Quando a peste resolve sair de seu recôndito esconderijo e assombrar a humanidade, o desespero e a indiferença vêm na bagagem. Desespero porque, por mais pestes e guerras que já tenham havido na …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados