search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Shows nacionais e de americano de graça na Praça do Papa

Entretenimento

Entretenimento

Shows nacionais e de americano de graça na Praça do Papa


Entre uma dose de cachaça ou um copo de cerveja produzida no Espírito Santo, artistas do blues, como o americano Big James e a carioca Kynnie Williams, garantem a trilha sonora do 5º Festival Beer & Blues.

Após dois anos acontecendo em Vila Velha, o evento retorna à capital para uma edição na Praça do Papa, na Enseada do Suá. A abertura será nesta quinta-feira (21) e a programação segue até sábado em um espaço coberto, para até 1.500 pessoas.

O americano Big James e a banda paulista The Simi Brothers  prometem mistura de chicago blues soul com  pitada de funk. (Foto: Divulgação)
O americano Big James e a banda paulista The Simi Brothers prometem mistura de chicago blues soul com pitada de funk. (Foto: Divulgação)

Desta vez, participam dez cervejarias e duas cachaçarias. O evento conta ainda com praça gastronômica, com oito opções, área kids e oito shows.

“É um festival que visa divulgar a produção local de cerveja e cachaça ao som de blues e ritmos próximos”, explica José Olavo Medici, diretor da Rota Eventos, organizadora da atração.

“O nosso som é descolado”, diz Big James

AT2: Você está em turnê pelo Brasil. Como tem sido se apresentar ao lado da banda paulista The Simi Brothers?
BIG JAMES: Está sendo uma experiência surpreendente, algo que eu jamais poderia imaginar! Estou tocando com músicos jovens e excelentes.

AT2: Qual é o repertório do show no Festival Beer & Blues 2019?BIG JAMES: O público pode esperar por muito chicago blues soul com pitada de funk. Vamos apresentar músicas do meu novo disco, “A Dose of Blues”. Nós trazemos a mistura da música da América do Norte com a do Sul. É muito emocionante!

AT2: E como é sua relação com o Brasil?
BIG JAMES:
As pessoas, a cultura e a comida são maravilhosas. O público tem sido maravilhoso. O nosso som é descolado e faz as pessoas dançarem. Tenho sentido muita energia nos shows.

Tenho estado pelo mundo todo tocando e nunca tive uma experiência como o estilo de vida brasileira: é uma paz, descontração e as pessoas são tão gentis! É muito diferente de Chicago. As coisas não estão muito boas por lá. Então, quando tiver uma chance de voltar ao Brasil e ter paz de espírito, poderei focar melhor na minha música.

AT2: Como se deu essa paixão pelo blues e pelo trombone?
BIG JAMES:
Me apaixonei pela música e pelo trombone aos 7 anos. Meu pai me levou para ver James Brown ao vivo em Chicago e eu queria muito tocar. Comecei na banda do colégio. Toquei profissionalmente pela primeira vez com Little Milton, aos 19 anos.

Depois, tive que ouvir vários músicos que vieram antes de mim, como Muddy Waters, Little Walter, Magic Sand e Junior Wells. Tive o prazer de me apresentar com o Buddy Guy e muitos outros músicos não tão conhecidos, mas que me influenciaram muito.

AT2: Como vê a cena blues hoje?
BIG JAMES:
É muito importante manter a música viva. Infelizmente, nos Estados Unidos, já não temos muitos programas de música nas escolas. É uma pena, porque, para nossa música sobreviver, precisamos que os jovens continuem tocando blues.

AT2: Qual foi o momento mais incrível da sua carreira?
BIG JAMES:
Quando a minha banda abriu um show do B.B. King. Nós também tocamos em Monte Carlo, em Mônaco, e foi incrível! Também tive a chance de dividir o palco com Eric Clapton na Inglaterra. São muitos momentos!

Também me apresentei com George Clinton e ficamos amigos. Sou muito abençoado de poder dizer que fiz todas essas coisas. E grato por tudo.

Festival Beer e Blues 2019 (Foto: Jornal A Tribuna)
Festival Beer e Blues 2019 (Foto: Jornal A Tribuna)


SERVIÇO:

Festival Beer & Blues 2019
O quê:
Quinta edição do festival com cerveja, cachaça, comida, shows e área kids
Quando: Quinta (21) e sexta-feira (22), às 18h, e sábado (23), às 16h
Onde: Em área coberta na Praça do Papa, na Enseada do Suá, em Vitória
Quanto: Entrada gratuita
Inf.: 3319-8110

Programação:

Quinta-feira (21): Apresentações de Expresso Blues às 20h e Bluezones and Dona Fran às 22h
Sexta-feira (22): Com Bad Guys às 19h30, Salsa Brenziski às 21h30 e Saulo Simonassi às 23h
Sábado (23): Transmissão da final do campeonato às 17h30. Shows de Big Bat Blues Band às 19h30, Kynnie Williams (RJ) às 21h30 e Big James (EUA) com The Simi Brothers (SP) às 23h


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados