search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Sete atitudes para educar com excelência

8º Congresso de Educação

Sete atitudes para educar com excelência


Palestra Erick Penna  (Foto: Jefferson Rocio/ Divulgação do Sinep)
Palestra Erick Penna (Foto: Jefferson Rocio/ Divulgação do Sinep)


“O dom de motivar na arte de educar” foi o tema da palestra ministrada pelo educador e consultor Erick Penna, durante o 8º Congresso Educacional das Escolas Particulares, promovido pelo Sindicato das Empresas Particulares de Ensino do Estado (Sinepe), hoje e amanhã, no Centro de Convenções de Vitória.

Em uma palestra divertida e bem humorada que fez a plateia rir e se emocionar, o palestrante apresentou aos profissionais da educação presentes no evento as sete atitudes indispensáveis ao educador que deseja atuar com excelência no ensino.

A primeira delas trata da necessidade de evoluir constantemente, por meio do pensamento crítico com vistas à transformação do ensino e à melhoria da educação.
A segunda atitude refere-se à atenção dedicada tanto à rotina da sala de aula quanto às novas tecnologias e às inovações que podem ser aliadas na educação.

A terceira atitude, de acordo com o consultor, trata da importância da formação continuada. “Formação técnica, desenvolvimento de novos saberes, acúmulo de novos conhecimentos por meio de congressos, cursos e conferências faz parte da formação constante que os educadores de excelência precisam ter”, disse Erick.

Transmitir conhecimento de forma eficaz e fazer-se entender, por meio de uma boa comunicação, é a quarta atitude indispensável à excelência do ensino. Já o amor é a quinta e talvez a mais importante das atitudes, segundo Erick.

 (Foto: Jefferson Rocio/ Divulgação do Sinep)
(Foto: Jefferson Rocio/ Divulgação do Sinep)
“A didática do amor tem a ver com reconhecimento, elogio, motivação, contato físico, um abraço, um sorriso, um olhar de afeto e compreensão, saber ouvir, saber reconhecer as várias formas de demonstração de amor e valorizá-las”, afirmou.

Trabalhar com paixão, otimismo e motivação faz parte da sexta atitude indispensável ao profissional da educação. E por último, mas não menos importante, é indispensável fazer a diferença. “Esses são espaços de reflexão, de buscar dar o melhor de si, de promover o engajamento da equipe. Isso tudo faz a diferença”, finalizou Erick.

 


leia mais / 8º congresso de educação


8º Congresso de Educação

Ensino para comércio e serviços

Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados