Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Servidores vão ter cinco dias de folga no feriadão do Dia do Trabalho

Notícias

Economia

Servidores vão ter cinco dias de folga no feriadão do Dia do Trabalho


Servidores da Prefeitura de Vitória vão ter folga na sexta-feira. Mas no próximo feriado, serão cinco dias de descanso (Foto: Thiago Coutinho/AT)
Servidores da Prefeitura de Vitória vão ter folga na sexta-feira. Mas no próximo feriado, serão cinco dias de descanso (Foto: Thiago Coutinho/AT)

As prefeituras da Grande Vitória e o governo do Estado divulgaram que nesta quinta-feira (18) os expedientes serão normais. Historicamente, a administração pública costuma decretar ponto facultativo nesta quinta-feira, que antecede o feriado da Paixão de Cristo (sexta-feira, dia 19).

Porém, este ano, como o feriado do Dia do Trabalho, 1º de maio, uma quarta-feira, ficou próximo ao Dia de Nossa Senhora da Penha, 29 (segunda-feira), algumas repartições públicas decidiram emendar o feriadão com o decreto de ponto facultativo no dia 30 de abril (terça-feira).

Dessa forma, os servidores das prefeituras de Vitória, Cariacica e Serra terão cinco dias de folga.

Leia Mais: Semana Santa: veja o que funciona durante o feriadão

A Prefeitura de Vila Velha não fez a mesma opção. Além de abrir nesta quinta-feira (18), também vai funcionar no próximo dia 30, assim como o governo do Estado, segundo a Secretaria de Estado de Gestão e Recursos Humanos.

Durante os feriados que caem em dias úteis, apenas os serviços essenciais estarão mantidos.

Já as lojas de shopping e os supermercados, por exemplo, vão funcionar em horário especial na próxima sexta-feira. As agências bancárias do Estado não vão funcionar.

O Ministério Público e o Tribunal de Justiça informaram que vão funcionar em regime de plantão na sexta-feira.

O auditor-fiscal do Trabalho da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Leif Naas, explicou que a Sexta-feira Santa não é um feriado nacional, mas todas as prefeituras e estados podem decretar feriado nesse dia.

“Segundo a lei, os municípios brasileiros podem criar até quatro datas para feriados, incluída a Sexta-Feira Santa. Além disso, os estados podem estabelecer suas datas magnas como feriados estaduais”.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados