Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Senadores capixabas na mira
Plenário
Fabiana Tostes

Fabiana Tostes


Senadores capixabas na mira

Nunca antes na história da política capixaba os três senadores que representam o Estado estiveram, ao mesmo tempo, sofrendo ameaças em razão da atuação no Congresso.

O senador Marcos do Val (Cidadania) foi o primeiro a relatar o crime. Ele afirmou que, por sua atuação como relator do pacote anticrime, ele e sua família estariam sofrendo ameaças.

A denúncia foi feita no Senado e à Polícia Federal, que estão investigando. Do Val anda com escolta armada desde então.

Os senadores capixabas estão sofrendo ameaças em razão da atuação no Congresso (Foto: Agência Senado)
Os senadores capixabas estão sofrendo ameaças em razão da atuação no Congresso (Foto: Agência Senado)

Durante a votação do decreto das armas, Rose de Freitas (Podemos) também afirmou ter recebido ameaças por meio de seu celular. Ela denunciou ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre, mas não pediu escolta. Fabiano Contarato (Rede) também não pediu escolta, embora desde a sabatina ao ministro da Justiça, Sérgio Moro, esteja sendo hostilizado e ameaçado.

Na quarta-feira (3), ele entrou com uma ação contra um auditor fiscal da Serra e denunciou as ameaças à Federal.

Senado não comenta

Questionada pela coluna sobre quais providências tomou com relação às ameaças sofridas pelos capixabas, a assessoria do Senado disse que, por motivos de segurança, não poderia informar se alguma medida foi tomada e qual.

Disse apenas que a atividade de proteção de autoridades é atribuição da Polícia do Senado Federal.

Olha o fiscal!

Depois de Vitória será a vez de Vila Velha mudar a forma como paga os fiscais do município. Projeto da prefeitura quer substituir o ganho por produtividade, em cima de cada multa aplicada, para o “desempenho pessoal e coletivo” – um sistema de pontuação que vai somar a participação em ações educativas, por exemplo. Projeto será apresentado nesta quinta-feira (4). 

Quarteto fantástico do PRB

O presidente do PSL, Carlos Manato, que está de olho numa dobradinha com o PRB para as eleições, elogiou a cúpula do partido, presente no encontro do PSL. “No PRB quem comanda são os amigos do quarteto fantástico”, referindo-se a Erick Musso, Roberto Carneiro, Amaro Neto e Hudson Leal.

In loco

O presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Federal, deputado Helder Salomão, vai a Alcântara (MA) acompanhar a situação de quilombolas após acordo com os EUA para o uso da base aérea. Nesta quinta e sexta serão feitas diligências no município e na capital maranhense.

Com a assinatura do acordo, 27 comunidades quilombolas, cerca de 2 mil pessoas que que vivem na região, devem ser removidas para o interior da ilha.

Suplentes ansiosos por vaga na Serra

Os suplentes de vereadores Wanildo Sarnáglia (Avante) e Fábio Latino (PSB) estão contando nos dedos e riscando os dias, no calendário, que faltam para pedirem, oficialmente, a cadeira na Câmara da Serra. Wanildo é suplente de Nacib Haddad (PDT) e Latino, de Geraldinho Feu Rosa (PSB). Nacib e Geraldinho foram afastados pela Justiça, mas o presidente da Câmara, Rodrigo Caldeira, deve esperar os 120 dias de afastamento para chamar os suplentes.

Galeria


Nove escolhidos

O advogado Lucas Neto, de Guarapari, e o cabo da PM Fábio da Fonseca, de Cariacica, também foram escolhidos pelo RenovaBR para participar do curso de novas lideranças. Já são nove. O RenovaBR vai esperar o período de matrículas (agosto) para confirmar todos os escolhidos.

Pra reforçar...

No encontro do PSL, o deputado Coronel Quintino reafirmou, conforme já havia dito à coluna Plenário, que não vai trocar o partido pelo PSB.

Abrigado

Mais um capixaba está atuando no governo federal. O ex-presidente da Ceturb Alex Mariano é assessor da Secretaria Especial do Desenvolvimento Social – mesma pasta onde Lelo Coimbra é secretário.

Dia retrô
E quarta, com a “instabilidade” no WhatsApp, Instagram e Facebook, com muitos políticos sem conseguir postar selfies, stories e vídeos para os seguidores fiéis, o jeito foi retomar o bom e velho e-mail na comunicação.
 

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora

Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados