Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Senado vai buscar solução para Lei Kandir
Coluna do Estadão

Andreza Matais e Marcelo de Moraes


Senado vai buscar solução para Lei Kandir

Depois da reforma da Previdência, a CCJ do Senado incluirá em sua lista de prioridades a PEC 42/2019, que prevê o fim da isenção do ICMS para exportações. Prevista para ser analisada este mês, a medida tem como autor Antonio Anastasia (PSDB-MG), mas foi subscrita por outros 27 senadores dos mais variados partidos.

O projeto é uma forma de pressionar por uma solução para a Lei Kandir, que deveria compensar os Estados pela isenção do tributo, mas aguarda uma resolução há mais de 20 anos. “O problema é muito grave”, diz Anastasia.

Quem não tem cão... O retorno da cobrança foi conversado em reunião com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, e governadores, dentro das negociações pelo pacto federativo. Caso seja a única alternativa, o acertado é que a alíquota não passe de 3%.

Alerta. Governadores, no entanto, preferem a solução pela Lei Kandir. “Considerando que os contratos de exportação são de longo prazo, é possível que alguns produtos do Brasil percam competitividade. Um perigo”, afirma o governador do Piauí, Wellington Dias.

Em elaboração. O relator da PEC, Veneziano Vital, quer conversar com Anastasia e com a bancada ruralista, ainda resistente.

Por fora. A articulação corre de forma paralela à reforma tributária. As propostas tanto no Senado como na Câmara unificam o ICMS com outros impostos.

Duplo comando. Com a nova estrutura da articulação política do governo, o líder na Câmara, Major Vitor Hugo, está sob a asa do general Luiz Ramos, e Joice Hasselmann, ainda sob a de Onyx Lorenzoni.

Mais... O Orçamento do governo paulista para 2020 propõe aumento de 9% nos recursos para a Segurança: R$ 29 bilhões ante R$ 26,6 bilhões deste ano.

...para a segurança. Desse total, R$ 301 milhões estão reservados para investimentos em obras, reformas e a compra de viaturas, armamentos e equipamentos de segurança pessoal e a ampliação das unidades dos Batalhões de Ações Especiais de Polícia. João Doria manterá a segurança como carro-chefe de sua gestão.

CLICK. O Bandeirantes, sede do governo de SP, ficará iluminado com a cor rosa em outubro para conscientizar a população sobre a prevenção do câncer de mama.

Sem... Regina Alencar Silva está deixando o cargo de secretária de segurança do Supremo Tribunal Federal. A delegada foi convidada por Maurício Valeixo para integrar a área de inteligência da Polícia Federal.

...teoria. Após longo processo de seleção, o também delegado federal Paulo Gustavo Maiurino, que estava no governo de Wilson Witzel (PSC-RJ), foi escolhido para substituir Regina no comando da segurança. Segundo o STF, ela pediu para deixar o cargo em 24 de junho, contra a vontade do ministro Dias Toffoli.

...conspiratória. Questionado pela Coluna, o STF negou relação entre a mudança e a revelação do ex-PGR Rodrigo Janot de que foi armado até a Corte com a intenção de assassinar o ministro Gilmar Mendes.

Impactos. Levantamento encomendado por Telmário Mota (Pros) ao DataSenado vai nortear projeto com proposta de mudanças à Operação Acolhida. Para os roraimenses, depois do fluxo migratório de venezuelanos para o Estado, o atendimento nos hospitais públicos piorou (93%) e a violência aumentou (94%).

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Coluna do Estadão

Planalto na articulação para desidratar Bivar

Um dia após a operação da Polícia Federal que teve o presidente do PSL como um dos alvos, os bolsonaristas se reuniram no Palácio do Planalto para tentar reduzir a força de Luciano Bivar (PE) dentro …


Exclusivo
Coluna do Estadão

“Gaeco” da Lava a Jato é opção para Dallagnol

Procuradores da Lava a Jato em Curitiba acreditam que Deltan Dallagnol poderá se candidatar ao cargo de procurador regional, para atuar na segunda instância do Ministério Público Federal, caso a …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Pacto Federativo ficará a cargo do Senado

O governo federal definiu sua agenda econômica no Legislativo para este resto de ano e decidiu mesmo deixar com o Senado a proposta do Pacto Federativo. Ainda falta acertar quem, em linha com o …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Obra do Rodoanel volta com câmeras ao vivo

Alvo da Lava a Jato em São Paulo, o trecho Norte do Rodoanel será retomado pelo governo paulista em 2020. Todos os contratos foram rescindidos e novas licitações deverão ser realizadas para os seis …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Trégua entre presidente e Valeixo não convence

A aparente trégua na relação Jair Bolsonaro-Polícia Federal não convence integrantes da corporação. Há a avaliação de que o Presidente deve trocar o comando em uma eventual mexida na Esplanada dos …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Governo simplifica repasses a municípios

A um ano das eleições, o ministro Paulo Guedes assinou portaria para desburocratizar repasses a obras em municípios. O texto atende os parlamentares e os prefeitos insatisfeitos com custos e com a …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Dallagnol se escora em grupo de senadores

O procurador da República Deltan Dallagnol estreitou sua relação com o “Muda Senado”. A ideia é se contrapor a um movimento de deputados que se aproveitam desse momento de recuo da Lava a Jato para …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Ataque nas redes faz Doria definir estratégia

João Doria tem sido aconselhado por assessores e secretários a evitar “entrar na pilha” do bolsonarismo, ou seja, a não rebater toda e qualquer declaração do Presidente ou de seus súditos. As …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Centro vê brecha para atacar a polarização

Dentro e fora do Congresso, líderes enxergam neste momento de turbulência do bolsonarismo, às voltas com o fraco desempenho econômico e as acusações de sufocar a Lava a Jato, uma brecha para as …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Witzel busca aliados para se nacionalizar

De olho na candidatura à Presidência em 2022, o governador Wilson Witzel intensificou os movimentos para se nacionalizar. Busca em quem se apoiar agora que sua relação com o presidente Jair Bolsonaro …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados