search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Sem camisa 9, Corinthians aposta em Gustavo Mosquito como principal atacante

Esportes

Publicidade | Anuncie

Esportes

Sem camisa 9, Corinthians aposta em Gustavo Mosquito como principal atacante


O atacante Gustavo Silva, ou Gustavo Mosquito, teve participação importante na vitória do Corinthians sobre o América, por 1 a 0, no domingo (6), pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Ele sofreu o pênalti convertido por Fábio Santos e ajudou o time a vencer pela primeira vez na "era Sylvinho".

No jogo de domingo, Gustavo se tornou a principal referência ofensiva da equipe. Atuando pela direita, em parceria com Fagner, o atacante compensou a falta de uma camisa 9. Sylvinho optou por escalar Luan como um meia mais adiantado. Jô ficou no banco de reservas.

"Jô entrou nos dois primeiros jogos, hoje não. O cansaço começou a aparecer. Eu estava preocupado por Gustavo e Araos, que desempenharam função importante. Nós queríamos espaço no campo adversário e preferimos a entrada do Léo Natel, porque ele tem velocidade, é jovem, tem força", explicou o técnico Sylvinho.

Elenco do Corinthians (Foto: Rodrigo Coca/ Agência Corinthians/ Divulgação)Elenco do Corinthians (Foto: Rodrigo Coca/ Agência Corinthians/ Divulgação)

Na estreia do treinador no Brasileirão, derrota para o Atlético Goianiense, o enredo foi parecido. Mosquito sofreu outro pênalti Desta vez, a cobrança foi desperdiçada por Mateus Vital. A equipe perdeu por 1 a 0 na Neo Química Arena.

O poder ofensivo de Mosquito será fundamental na quarta-feira, pela Copa do Brasil. Depois de perder por 2 a 0 para o mesmo Atlético Goianiense no jogo de ida, o time precisa devolver o placar para levar a decisão para os pênaltis. Precisa de três gols se quiser avançar diretamente à próxima fase.

A partida de Minas Gerais foi seu 50º jogo pelo clube. Nesse período, ele já marcou nove gols. Nesta temporada, foram quatro vezes em 16 jogos. "Feliz pela vitória e por completar 50 jogos com essa camisa", escreveu em sua conta oficial no Instagram.

Considerado uma das grandes promessas do Coritiba dos últimos anos, o atacante rápido e driblador anotou nove gols pelo time paranaense pelo Campeonato Brasileiro sub-20, quando chegou até a final. Contratado pelo Corinthians no fim de 2018, o atacante de 23 anos só estreou no ano seguinte. Atuou no Paulistão 2019, mas acabou emprestado ao Vila Nova-GO, Oeste e Paraná antes de retornar ao Corinthians em agosto de 2020, a pedido de Tiago Nunes.
 

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.