Esportes

Esportes

Seleção brasileira sub-20 não consegue classificação para o Mundial


A seleção brasileira derrotou a Argentina por 1 a 0 na noite deste domingo (10), pelo Sul-Americano sub-20, no Chile, mas não conseguiu a classificação para o Mundial da categoria, que será disputado na Polônia, em maio deste ano.

A equipe comandada pelo técnico Carlos Amadeu terminou o hexagonal final na quinta colocação -só os quatro primeiros ficaram com uma vaga.

O gol brasileiro foi marcado pelo flamenguista Lincoln, no fim do primeiro tempo. O resultado serviu para tirar o título dos argentinos, que viram o Equador vencer a competição pela primeira vez na história.

Uruguai e Colômbia também conquistam uma vaga no Mundial. Os três primeiros colocados ainda disputarão o Pan-Americano em julho e agosto deste ano, no Peru.

Para conseguir a vaga no Mundial da Polônia, o Brasil tinha de torcer contra Venezuela e Colômbia neste domingo, além de vencer a seleção argentina por três gols de diferença. Só assim o time brasileiro conseguiria superar a seleção colombiana na tabela de classificação.

Mais cedo, os colombianos empataram sem gols com os uruguaios e os venezuelanos perderam por 3 a 0 dos equatorianos. Assim, o Brasil precisava fazer a sua parte.

Para conseguir a vaga no Mundial da Polônia, o Brasil tinha de torcer contra Venezuela e Colômbia (Foto: Lucas Figueiredo/ CBF)
Para conseguir a vaga no Mundial da Polônia, o Brasil tinha de torcer contra Venezuela e Colômbia (Foto: Lucas Figueiredo/ CBF)

A vitória brasileira por 1 a 0 sobre a Argentina, porém, deixou Brasil e Colômbia empatados com cinco pontos ao fim do hexagonal -os colombianos fecharam a participação com dois gols a mais de saldo e ficaram na quarta posição.

Ao contrário das outras partidas do hexagonal- o time só conquistou dois pontos em quatro jogos-, o Brasil fez uma boa apresentação diante dos argentinos, especialmente no primeiro tempo.

A equipe abriu o placar de pênalti nos últimos minutos da etapa inicial, depois que Sosa desviou a bola com a mão. Lincoln bateu fraco, viu o goleiro tocar na bola, mas conseguiu balançar a rede.

O Brasil voltou com uma postura ofensiva no segundo tempo e quase ampliou com Lincoln, que recebeu com liberdade aos quatro minutos e bateu forte no meio do gol. O goleiro Roffo, bem colocado, fez a defesa. A seleção brasileira manteve a posse de bola, mas criou poucas oportunidades de chute a gol.

Ao ficar fora do Mundial da Polônia, o Brasil repetiu o desempenho das edições de 2017 e 2013. Há quatro anos, a seleção obteve a classificação ao terminar o hexagonal em quarto lugar. No Mundial disputado na Nova Zelândia, a equipe perdeu a final para a Sérvia por 2 a 1, com um gol na prorrogação.

O último dos cinco títulos mundiais do Brasil foi conquistado em 2011, na Colômbia, com um triunfo por 3 a 2 sobre Portugal -Oscar marcou três gols na partida.

A Argentina, com seis conquistas, tem a hegemonia da competição. No Sul-Americano, a seleção brasileira soma 11 taças, contra oito do Uruguai e cinco da Argentina. A Colômbia é dona de três troféus, enquanto Paraguai e agora Equador têm um.