Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

“Se não votar junto, vai ser expulso”
Plenário
Fabiana Tostes

Fabiana Tostes


“Se não votar junto, vai ser expulso”

O governador eleito Renato Casagrande já afirmou que vai participar da escolha da nova Mesa Diretora da Assembleia. E ele não estará sozinho. Seu principal adversário na campanha, o deputado federal Carlos Manato, também entrou no jogo e ameaçou de expulsão os deputados que não votarem conforme a orientação partidária para presidência da Casa.

O PSL, que é presidido no Estado por Manato, fez quatro deputados: Capitão Assumção, Alexandre Quintino, Danilo Bahiense e Torino Marques, sendo que Quintino e Bahiense têm participado dos encontros com deputados novatos.

“Já conversamos e os quatro vão votar juntos, seguindo orientação partidária. Se não votar, vamos ter problemas. Podem ser expulsos do partido”, disse Manato que tem preferência por apoiar o atual presidente da Assembleia, Erick Musso (PRB), à reeleição. “Não está batido o martelo, mas a tendência é apoiar Erick, que caminhou com a gente”. PRB, PR e PSL fecharam uma coligação para a disputa de outubro.

* * *

Mais um à mesa

Os deputados estaduais novatos fizeram ontem o terceiro encontro e dessa vez o grupo contou com mais um, o 12º membro: Adilson Espíndula (PTB). Dos 15 eleitos, três ainda não participaram do “almoço dos novatos”. São eles: Iriny Lopes, Torino Marques e Capitão Assumção. O próximo encontro será no dia 20 e deve definir o nome para liderar o bloco.

* * *

Juntos em São Paulo

O governador Paulo Hartung e o eleito Renato Casagrande participaram ontem do evento “Governos Inteligentes para o Futuro”, em São Paulo. Hartung palestrou sobre “Gestão e Governança no setor público: o caso do Espírito Santo” e Casagrande debateu “Governança e Gestão para Resultados: como ampliar a entrega de serviços para a população?”

* * *

Sem grandes mudanças

O futuro presidente da Cesan, Alcio de Araújo, já foi secretário de Projetos Especiais e Ações Metropolitanas, no 1º governo de Casagrande. Questionado se poderia recriar essa secretaria, o governador eleito disse que não.

“Não vou criar nenhuma nova secretaria”, disse Casagrande. Sobre possíveis mudanças de nomes das pastas, afirmou que talvez possa mudar “Transporte” por “Mobilidade”.

* * *

Que lei é essa?

O deputado Zé Esmeraldo estava ontem em mais um de seus discursos efusivos, quando disse: “Tem uma lei que é pior que a Lei Rouanet, que dá R$ 33 mil para artistas...” Nisso, Marcelo Santos gritou, de brincadeira: “Lei Harley-Davidson!”. “É essa mesmo”, rebateu Esmeraldo, sob os risos de Marcelo.

* * *

Ricardo não será secretário, confirma Casagrande

O governador eleito Renato Casagrande confirmou para a coluna Plenário que o senador Ricardo Ferraço não fará parte de seu secretariado. Mas não por causa de Casagrande, que abriu as portas para o tucano. “Ele está traçando o caminho dele”, disse. “Casagrande fez o convite, Ricardo agradeceu muito, mas declinou”, disse o deputado Theodorico Ferraço, pai de Ricardo. O senador deve ir para a iniciativa privada, mas ainda faz mistério sobre o futuro.

Galeria

Orla conectada

O prefeito de Itapemirim, Thiago Peçanha, lançou na terça-feira o programa “Orla Conectada”. Todas as praias do município contam agora com internet Wi-Fi de graça.

Vagas para advogados

O vereador de Vitória Roberto Martins abriu seleção para contratar dois assessores, na área jurídica-legislativa, para seu gabinete. Precisa ser advogado com registro na OAB-ES e ser morador de Vitória. O salário é de R$ 3.563,78 para 40h/semanais, com tíquete de R$ 768. Currículos até amanhã para: vereador.robertomartins@vitoria.es.leg.br.

Homenagem

O vereador de Vitória Leonil Dias faz hoje, às 19h, uma sessão solene para homenagear os 30 anos do Sindicato dos Auxiliares de Administração Escolar (SindEducação/ES), que representa 10 mil profissionais.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados