Fabiana Tostes

Fabiana Tostes


“Se não votar junto, vai ser expulso”

O governador eleito Renato Casagrande já afirmou que vai participar da escolha da nova Mesa Diretora da Assembleia. E ele não estará sozinho. Seu principal adversário na campanha, o deputado federal Carlos Manato, também entrou no jogo e ameaçou de expulsão os deputados que não votarem conforme a orientação partidária para presidência da Casa.

O PSL, que é presidido no Estado por Manato, fez quatro deputados: Capitão Assumção, Alexandre Quintino, Danilo Bahiense e Torino Marques, sendo que Quintino e Bahiense têm participado dos encontros com deputados novatos.

“Já conversamos e os quatro vão votar juntos, seguindo orientação partidária. Se não votar, vamos ter problemas. Podem ser expulsos do partido”, disse Manato que tem preferência por apoiar o atual presidente da Assembleia, Erick Musso (PRB), à reeleição. “Não está batido o martelo, mas a tendência é apoiar Erick, que caminhou com a gente”. PRB, PR e PSL fecharam uma coligação para a disputa de outubro.

* * *

Mais um à mesa

Os deputados estaduais novatos fizeram ontem o terceiro encontro e dessa vez o grupo contou com mais um, o 12º membro: Adilson Espíndula (PTB). Dos 15 eleitos, três ainda não participaram do “almoço dos novatos”. São eles: Iriny Lopes, Torino Marques e Capitão Assumção. O próximo encontro será no dia 20 e deve definir o nome para liderar o bloco.

* * *

Juntos em São Paulo

O governador Paulo Hartung e o eleito Renato Casagrande participaram ontem do evento “Governos Inteligentes para o Futuro”, em São Paulo. Hartung palestrou sobre “Gestão e Governança no setor público: o caso do Espírito Santo” e Casagrande debateu “Governança e Gestão para Resultados: como ampliar a entrega de serviços para a população?”

* * *

Sem grandes mudanças

O futuro presidente da Cesan, Alcio de Araújo, já foi secretário de Projetos Especiais e Ações Metropolitanas, no 1º governo de Casagrande. Questionado se poderia recriar essa secretaria, o governador eleito disse que não.

“Não vou criar nenhuma nova secretaria”, disse Casagrande. Sobre possíveis mudanças de nomes das pastas, afirmou que talvez possa mudar “Transporte” por “Mobilidade”.

* * *

Que lei é essa?

O deputado Zé Esmeraldo estava ontem em mais um de seus discursos efusivos, quando disse: “Tem uma lei que é pior que a Lei Rouanet, que dá R$ 33 mil para artistas...” Nisso, Marcelo Santos gritou, de brincadeira: “Lei Harley-Davidson!”. “É essa mesmo”, rebateu Esmeraldo, sob os risos de Marcelo.

* * *

Ricardo não será secretário, confirma Casagrande

O governador eleito Renato Casagrande confirmou para a coluna Plenário que o senador Ricardo Ferraço não fará parte de seu secretariado. Mas não por causa de Casagrande, que abriu as portas para o tucano. “Ele está traçando o caminho dele”, disse. “Casagrande fez o convite, Ricardo agradeceu muito, mas declinou”, disse o deputado Theodorico Ferraço, pai de Ricardo. O senador deve ir para a iniciativa privada, mas ainda faz mistério sobre o futuro.

Galeria

Orla conectada

O prefeito de Itapemirim, Thiago Peçanha, lançou na terça-feira o programa “Orla Conectada”. Todas as praias do município contam agora com internet Wi-Fi de graça.

Vagas para advogados

O vereador de Vitória Roberto Martins abriu seleção para contratar dois assessores, na área jurídica-legislativa, para seu gabinete. Precisa ser advogado com registro na OAB-ES e ser morador de Vitória. O salário é de R$ 3.563,78 para 40h/semanais, com tíquete de R$ 768. Currículos até amanhã para: [email protected]

Homenagem

O vereador de Vitória Leonil Dias faz hoje, às 19h, uma sessão solene para homenagear os 30 anos do Sindicato dos Auxiliares de Administração Escolar (SindEducação/ES), que representa 10 mil profissionais.