Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Salários atrasados ameaçam Atlético/ES em semana decisiva

Esportes

Esportes

Salários atrasados ameaçam Atlético/ES em semana decisiva


Com salários atrasados, os jogadores do Atlético Itapemirim não treinaram ontem e hoje (Foto: John Wesley/Atlético Itapemirim (26/02/19)
Com salários atrasados, os jogadores do Atlético Itapemirim não treinaram ontem e hoje (Foto: John Wesley/Atlético Itapemirim (26/02/19)

Classificado para as quartas de final do Capixabão, o Atlético Itapemirim vive nesta semana um problema que pode afetar o desempenho do clube na briga por uma vaga no G-4. Com salários atrasados, o elenco não treinou ontem e hoje. 

O presidente do clube, Armando Zanata, confirmou o problema financeiro. De acordo com o dirigente, a maioria do elenco tem um mês de salário atrasado, mas alguns atletas estão há dois meses sem receber.

"Não recebemos o repasse da Prefeitura (de Itapemirim) por uma questão burocrática, mas o secretário de finanças esteve dentro do campo comigo hoje e marcou o pagamento para quinta-feira que vem (21). Os atletas não treinaram ontem e eu não tiro a razão deles, mas não teve nenhum constrangimento. Não há nenhuma possibilidade do time não jogar no fim de semana", garantiu o presidente.

"Mas o Atlético Itapemirim não tem mais aquela riqueza, porque eu quero pagar as dívidas do clube, que são de administrações anteriores", completou, sem revelar o valor da dívida do clube, que foi vice-campeão da Copa Verde no ano passado. 

Na quinta colocação do Capixabão, o Atlético/ES enfrenta o já rebaixado Tupy no sábado, no Kleber Andrade, na última rodada. Com 11 pontos, o Galo da Vila pode terminar a primeira fase na quarta colocação, desde que conquiste os três pontos e o quarto colocado Rio Branco de Venda Nova, que tem 13 pontos, não vença o Vitória. De acordo com apuração de A Tribuna, se o objetivo não for alcançado, a comissão técnica do Atlético/ES pode passar por mudanças para as quartas de final.

Quem terminar no G-4 tem a vantagem de nas quartas de final ser o mandante do segundo jogo, além de poder jogar por dois empates ou por uma vitória e uma derrota pela mesma diferença de gols.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados