search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Saiu menor do que entrou
Painel da Folha de São Paulo

Saiu menor do que entrou

A briga interna do PSL fragilizou a imagem do Presidente e de seus aliados no Congresso. O fato de Jair Bolsonaro ter entrado em campo para fazer do filho Eduardo líder da sigla na Câmara e ter perdido a primeira batalha foi visto como erro crasso.

“Se ele entra, tem que entrar para matar”, explica um dirigente da centro-direita. Já a sequência de gravações ocultas maculou a agremiação toda, classificada como um aglomerado de “gente inconfiável, sem palavra, sem ética nem lealdade”.

Entre mortos...
Dois dos nomes mais proeminentes do PSL na Câmara foram afetados pelo tiroteio interno. Joice Hasselmann (SP), que perdeu a liderança do governo no Congresso, terá que “experimentar pela primeira vez a planície”, nas palavras de um colega, sem cargos de assessoria e regalias que tinha no posto.

...E feridos
Já o presidente da Comissão de Constituição e Justiça, Felipe Francischini (PR), que agia para se projetar para o Planalto como uma opção para o comando da Casa, foi gravado falando mal de Jair Bolsonaro e rapidamente classificado como agente duplo.

Retorno triunfal
A queda de Joice e a consequente ascensão do senador Eduardo Gomes (MDB-TO) ao posto de líder do governo no Congresso é o marco de uma era de maior dependência de Bolsonaro do partido que foi o fiel da balança para FHC, Lula e Dilma.

Retorno triunfal II
Melhor: dependência do MDB do Senado, ala que congrega as figuras mais experientes da sigla, como Renan Calheiros (AL), Eduardo Braga (AM) e Jader Barbalho (PA). O líder do governo no Senado já é do partido, Fernando Bezerra (MDB-PE).

Você manda
Assim que assumiu, Gomes telefonou para líderes da Câmara. Disse que, apesar de ser senador, “tem cabeça de deputado”. O ministro Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) também comunicou dirigentes do Centrão. Resposta: “Líder de governo quem escolhe é o Planalto. A gente não opina”.

A bola é sua
O presidente do MDB, Baleia Rossi, fez questão de deixar claro que, apesar de “ter orgulho dos quadros que o partido tem e de seguir apoiando a agenda do governo”, a direção da sigla não tem ingerência nem responsabilidade pela escolha de Gomes – e segue independente.

Fresta
Das grandes legendas, a que menos resiste a receber Bolsonaro e seu grupo é o Republicanos.

Última que morre
Mesmo céticos, aliados do presidente do PSL, Luciano Bivar (PE), propuseram entregar a Bolsonaro 50% dos postos da direção da legenda. Antes de a crise explodir, o clã do Planalto reivindicou a secretaria-geral e a tesouraria da sigla.

Nem vem
A chance de a oferta surtir efeito é mínima. “Que haja a cisão e a atual gestão facilite a saída do bloco (bolsonarista), em vez de dificultar, retaliar e criar inimizades”, diz Luiz Philippe de Orleans e Bragança.

Alma lavada
O ex-presidente Michel Temer celebrou a absolvição sumária da acusação de obstrução de Justiça gerada pela gravação de Joesley Batista, mas indicou que a história ainda não acabou. “Essa irresponsabilidade quase paralisou o País. Não podem ficar impunes”, disse.

Alma lavada II
“Desde o primeiro instante (eu disse) que a frase criada pelo pgr (ele não merece a maiúscula) era falsa; que o diálogo era monossilábico; que neste e nos feitos desdobrados só havia ilações, nenhuma prova”, escreveu o ex-presidente ao Painel.

Penca
A reforma tributária da Câmara recebeu mais de 190 sugestões de emenda. Só o PT apresentou 11. Uma delas sugere taxar lucros e dividendos.

Selva
Acaba na próxima semana a GLO (Garantia da Lei e da Ordem) criada para combater queimadas na Amazônia.

Tiroteio
“Estranho quem jurou a Constituição tentar de novo tutelar o STF e impedir julgamento de questão que faz valer a Carta”. Do deputado Paulo Pimenta, líder do PT, sobre texto publicado pelo general Villas Bôas às vésperas de decisão sobre a segunda instância.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Dupla dinâmica

Os ataques de Jair Bolsonaro ao STF têm na mira principalmente dois ministros, Alexandre de Moraes e Celso de Mello, que o Presidente elegeu como inimigos próprios. Ontem, Bolsonaro compartilhou um …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Em série

Além de mostrar a tentativa de interferência indevida na Polícia Federal para proteger amigos e família, a reunião ministerial revelou ação semelhante de Jair Bolsonaro no Iphan, responsável por …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Inteligência

A declaração de Jair Bolsonaro, dada na sexta (22) à rádio Jovem Pan, para tentar justificar o que seria seu sistema particular de informações foi considerada um tiro no pé por advogados criminalista…


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

De onde veio

Virou mistério para integrantes do Ministério da Saúde o responsável pela nomeação de Zoser Hardman de Araújo para o cargo de assessor especial do ministro. Causou mais estranheza o fato de ele ser …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Ritmo de festa

Um dos nove militares nomeados por Jair Bolsonaro para o Ministério da Saúde na terça-feira, Giovani Camarão, futuro coordenador de Finanças do Fundo Nacional de Saúde, publicou foto nas redes …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Prorrogação

As novas declarações do delegado Carlos Henrique Oliveira, diretor-executivo da Polícia Federal, foram recebidas como duro golpe nas versões de Alexandre Ramagem e Jair Bolsonaro no inquérito que …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Nada com isso

Em conversas com delegados, ontem, Alexandre Ramagem, diretor da Abin, se mostrou irritado em ver seu nome ligado ao caso do vazamento da operação Furna da Onça à família Bolsonaro e afirmou não ter …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Causa e consequência

Procuradores e ministros de tribunais superiores avaliam que o relato de Paulo Marinho à Folha, sobre o vazamento de uma investigação da Polícia Federal ao senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Tem mais

A resistência que Jair Bolsonaro encontrou no ex-ministro Nelson Teich (Saúde) à ampliação do uso da cloroquina para quadros leves do coronavírus é ecoada pelos secretários estaduais da área, que se …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Enviada especial

Mesmo sem qualquer capacitação técnica ou responsabilidade formal por assuntos da Saúde, Damares Alves (Direitos Humanos) pegou um avião às 5h da manhã da última quinta-feira para Floriano (PI), a …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados