Fabiana Tostes

Fabiana Tostes


Reunião de emergência para acalmar os deputados

Os deputados estaduais se reuniram hoje (9) e aprovaram a deliberação de sessões extraordinárias para votar a peça orçamentária. Como já era de se esperar, não gostaram nada de saber, pela imprensa, que as emendas parlamentares caíram de R$ 1,5 milhão para R$ 1 milhão. 

"Nossas emendas estão prontas desde o ano passado, não podemos ser prejudicados", disse o deputado Marcelo Santos. "Nós demos a nossa palavra para as bases, por isso peço ao presidente da Assembleia que faça um apelo ao governador para que não diminua as emendas", fez coro o deputado José Esmeraldo.

Diante das reclamações, o presidente da Assembleia, Erick Musso, entrou em contato com o secretário da Casa Civil, Davi Diniz, e marcou uma reunião entre ele e os deputados para logo mais, às 11h30, na presidência da Ales, para explicar a peça orçamentária e a necessidade no corte das emendas. 

A peça foi lida e foi acordado que os deputados fariam a entrega das emendas até as 20h da próxima sexta-feira. A votação do Orçamento ficou para segunda-feira (14), às 15h.