Notícias

Economia

Rede de farmácias anuncia fechamento de lojas na Grande Vitória


Farmácia Avenida em Santa Lúcia: rede não funciona a partir deste sábado (Foto: Reprodução / Google Maps)
Farmácia Avenida em Santa Lúcia: rede não funciona a partir deste sábado (Foto: Reprodução / Google Maps)

A rede de farmácias Avenida vai fechar as portas na Grande Vitória a partir deste sábado (08). A informação, já comunicada aos funcionários, foi confirmada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Drogarias, Farmácias e Distribuidoras de Produtos Farmacêuticos e Hospitalares no Estado (Sintrafarma).

Pelo menos 10 lojas devem fechar as portas na Grande Vitória. O último dia de atividades será nesta sexta-feira (07). Apenas uma unidade da Farmácia Avenida, localizada na Praça Oito (Centro de Vitória) permanecerá aberta, por não pertencer ao mesmo grupo.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Drogarias, Farmácias e Distribuidoras de Produtos Farmacêuticos e Hospitalares no Estado, Aderiton Alcântara, confirmou o fechamento e disse que recebeu a notícia com surpresa. 

"O mercado de farmácias está muito difícil no Espírito Santo. Isso não era difícil de acontecer. Há pelo menos quinze dias, fomos procurados por funcionários para tirar dúvidas, mas nós desconhecíamos o fato", contou.

A rede de farmácias Avenida foi fundada há 50 anos e pertencia a uma família, que vendeu a rede a um grupo nacional. Há cerca de seis meses, esta rede vendeu novamente as lojas para um outro dono.

"Uma comissão de trabalhadores nos procurou e estamos preparando uma ação para resguardar os direitos deles", afirmou Aderiton.

Para o Sindicato das Farmácias do Espírito Santo, o fechamento das lojas traz grande prejuízo para o Estado. "É uma notícia lamentável. Tomei conhecimento há pouco tempo e é um final ruim para uma rede de tanta história no Estado", afirmou o presidente Edson Marchiore.