search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

“Proximidade” com Trump vira mote do “03”
Coluna do Estadão

Andreza Matais e Marcelo de Moraes


“Proximidade” com Trump vira mote do “03”

A “campanha” de Eduardo Bolsonaro para ocupar a embaixada de Washington terá como eixo a suposta proximidade do filho 03 de Jair Bolsonaro com Donald Trump, presidente dos EUA.

O argumento foi testado (e aprovado) em grupos bolsonaristas que chegaram a criticar a indicação, chamada de “nepotismo” pela oposição.

Favorito para relatar a indicação na Comissão de Relações Exteriores do Senado (CRE), Chico Rodrigues (DEM-RR) abraçou a ideia. Segundo ele, com Eduardo o Brasil terá “acesso” a Trump e “influência” nas decisões.

Vamos juntos. “Eduardo não é diplomata do Rio Branco, mas tem essas capacidades invejáveis”, disse Rodrigues, que também é vice-líder do governo.

Pelo bem? Rodrigues esteve com Ernesto Araújo. Segundo ele, o chanceler disse que o País vai se “surpreender” com Eduardo.

Economiquês. Eduardo Bolsonaro se reuniu por mais de uma hora com Rodrigues. Falou da disputa comercial entre EUA e China e como ela pode beneficiar o Brasil.

Olha ele. Todos descrevem o deputado como “determinado” em conseguir os votos na comissão. Ele já tem encontro marcado até com membros da oposição.

Saia... Há um voto difícil de virar: o do vice-presidente da comissão, Marcos do Val (Cidadania-ES). Depois da eleição de 2018, Carlos Bolsonaro tuitou que haveria nos EUA um mandado de prisão contra Do Val.

...justíssima. A Justiça acolheu o pedido de Do Val para Carlos apagar a postagem. Mesmo com um pedido de desculpas de Flávio em nome da família, o voto é certo: “Não é retaliação, não. Acho falta de respeito com a carreira de diplomata”, diz o senador.

Pedido... O presidente do PSL em São Bernardo do Campo (SP), Walter Resende Filho, pediu a pré-candidatos do partido que reservassem duas vagas em seus gabinetes, caso sejam eleitos no ano que vem, para militantes da legenda.

...polêmico. O pedido de Resende Filho foi gravado em reunião com o deputado estadual Coronel Nishikawa (PSL-SP), de quem ele também é chefe de gabinete na Assembleia.

Reserva. “Aquele candidato que vem lá do bairro... Lá do fim do mundo, que você percebe que não tem (chance). Uma coisa que eu estou pedindo para os candidatos é o seguinte: eu quero que você me reserve pelo menos duas vagas do seu gabinete. Não é pra mim. É para quem tiver trabalhando na campanha”, diz Resende em trecho do áudio.

Queimado. O áudio circula em redes bolsonaristas e foi confirmado por Nishikawa. O PSL tem dito que quer contratar um compliance para ter regras de conduta e ética na sigla.

Com a palavra. No trecho seguinte, Nishikawa diz que discorda do pedido. O deputado do PSL diz que o áudio foi gravado “de forma clandestina”. “Apesar da proposta do Walter não ser ilegal, não concordo com tal prática e não gostaria que isso fosse atribuído a mim.” Resende não respondeu à coluna.

CLICK. Joice Hasselmann defendeu Sergio Moro nas redes sociais. A deputada do PSL associou o ministro da Justiça à operação realizada pela Polícia Federal.

Cadê? A CPI da tragédia de Brumadinho (MG) espera, desde 12 de junho, que a telefônica envie dados da quebra de sigilo telefônico do presidente afastado da Vale Fábio Schvartsman, autorizada pelo STF.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Coluna do Estadão

Conselho contraria Bolsonaro em nota

O Conselho Nacional de Direitos Humanos (CNDH) elaborou nota contrária à posição do governo Jair Bolsonaro de apoiar as ideias do presidente norte-americano, Donald Trump, para Israel e Palestina. …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Congresso corre atrás da reforma administrativa

Enquanto a reforma administrativa do governo ainda derrapa, o Congresso já se articula para fazer sua parte. Presidida por Tiago Mitraud (Novo-MG), a Frente Parlamentar da Reforma Administrativa teve …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Exército “bomba” nas redes com Bolsonaro

Não é só no Palácio do Planalto que o Exército está em alta. Nas redes sociais, arena preferida do bolsonarismo, o desempenho dos fardados “bombou”. Saltou exponencialmente nos últimos três anos …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Agronegócio se mobiliza contra ação no Supremo

A perspectiva de que o Supremo possa acolher os argumentos de uma ação direta de inconstitucionalidade que questiona benefícios tributários concedidos aos defensivos agrícolas mobilizou o setor …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Moro: longe da milícia e dentro da polarização

Analistas e políticos experientes não deixaram de observar com atenção os movimentos de Sergio Moro nesta semana em que as mudanças na Esplanada e a agenda das reformas lotaram o noticiário. Numa …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Ponto dos militares contra os "olavistas"

O convite ao general Braga Netto para comandar a Casa Civil no lugar de Onyx Lorenzoni preocupa governistas mais pragmáticos e militares de alta patente. Segundo disse à Coluna um general de quatro …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Guedes no papel de bombeiro em reunião

A presença de Paulo Guedes no encontro dos governadores foi articulada por Ronaldo Caiado (DEM-GO) diretamente com Onyx Lorenzoni (Casa Civil). O mercurial ministro da Economia chegou à reunião tendo …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Movimento de Huck fará diagnóstico do País

O movimento Agora!, do qual Luciano Huck faz parte, lança em maio um conjunto de diagnósticos e propostas para cinco grandes temas: saúde, educação, segurança pública, meio ambiente e cidades e …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Polarização “Vintage” no berço político de Lula

Tucanos e petistas têm tudo para reviver, justamente no berço político de Lula, a polarização que marcou décadas nas eleições do País antes de ser explodida pelo bolsonarismo. Em São Bernardo do …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Alcolumbre se inspira em ACM para buscar reeleição no Senado

Em busca de um estratagema capaz de manter Davi Alcolumbre (DEM) no comando do Senado, aliados do atual presidente estudam usar como ponto de partida o precedente aberto por Antônio Carlos Magalhães, …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados