Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Projeto do governo prevê 150 leitos em novo Hospital Infantil

Notícias

Saúde

Projeto do governo prevê 150 leitos em novo Hospital Infantil


A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), juntamente com o Instituto de Obras Públicas do Estado (Iopes), estuda a possibilidade de construir no terreno da antiga Telest, na avenida Leitão da Silva, em Vitória, um novo Hospital Infantil, com capacidade de 150 leitos.

O secretário da Saúde, Nésio Fernandes, afirma que há previsão de ampliação de leitos no Himaba, em Vila Velha (Foto: Thiago Coutinho/AT)
O secretário da Saúde, Nésio Fernandes, afirma que há previsão de ampliação de leitos no Himaba, em Vila Velha (Foto: Thiago Coutinho/AT)
A informação foi passada pelo secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, à reportagem de A Tribuna. Ele destacou que já existe um desenho arquitetônico do projeto.

“Estamos iniciando uma fase de estudo com o Iopes para poder identificar qual é a melhor estratégia a ser tomada. Se é fortalecer equipamentos que já existem, construir um novo hospital ou redimensionar os leitos”, afirmou.

Dentro de 40 dias, de acordo com o secretário, o estudo será entregue ao governador Renato Casagrande para definir se a construção será realizada.

“Estamos trabalhando com a ideia de que a nossa decisão seja operada em um curto espaço de tempo e não nos obrigue a ficar mais de dois ou três anos com o prédio do Hospital Infantil em funcionamento”, informou.

O secretário ressaltou que uma parceria público-privada não está descartada, caso o novo hospital seja construído.

“Os regimes diferenciados de contratação de obras públicas e as parcerias público-privadas são as duas melhores formas de execução de grandes projetos de engenharia hoje, no Brasil”, disse. A ideia é que as obras do novo hospital sejam entregues em 20 meses após o início da construção, segundo afirmou Nésio.

Em relação ao prédio do Hospital Infantil Estadual Nossa Senhora da Glória (HINSG), que conta atualmente com 125 leitos, o secretário pontuou que hoje não há necessidade de interdição. Outros 116 leitos estão em operação no Hospital da Polícia Militar (HPM).

“Os riscos que existiam na unidade, que poderiam sugerir a interdição do hospital, foram eliminados. Hoje, com a reforma da rede elétrica, com a migração da unidade de oncologia para o HPM e com o que estamos licitando, já se garante a estabilidade da unidade”.

De acordo com o secretário, há previsão para a ampliação de 140 leitos no Hospital Estadual Infantil e Maternidade Alzir Bernardino Alves (Himaba), em Vila Velha. “Também temos prevista a construção do Hospital de Cariacica, que será materno-infantil, e vamos ampliar os leitos no HPM”.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados