Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Projeto da Praça do Cauê vai sair do papel

Notícias

Trânsito

Projeto da Praça do Cauê vai sair do papel


O projeto que prevê a construção de pistas ligando a Terceira Ponte à Reta da Penha — passando por cima da Praça do Cauê — será retomado pela Prefeitura de Vitória. A confirmação foi feita pelo prefeito da capital, Luciano Rezende.

A ideia é criar seis faixas (três em cada sentido) na parte central da praça, localizada na Praia de Santa Helena. Com isso, o condutor que sai ou entra na capital pela ponte não vai mais precisar contornar a praça — região que fica congestionada todos os dias, principalmente nos horários de pico.

O primeiro projeto para a região foi criado em 2013 pelo engenheiro Luiz Carlos Menezes. A ideia original era criar um elevado por cima da praça, com o mesmo objetivo: fazer a ligação direta.
Na época, a ideia foi acatada pelo prefeito Luciano Rezende e pelo governador Renato Casagrande, que estava em seu primeiro mandato.

A intenção da prefeitura era que a obra tivesse início ainda naquele ano, o que nunca aconteceu. Em 2017, a então secretária de Desenvolvimento da Cidade, Lenise Loureiro, afirmou que a prefeitura havia desistido do projeto por “falta de prioridade do governo”.

Na época, o governo do Estado havia priorizado outras obras, como a Leitão da Silva e o Portal do Príncipe, deixando a intervenção da Praça do Cauê de fora.

Com o retorno de Renato Casagrande ao governo do Estado, o prefeito Luciano Rezende acredita que o projeto, enfim, vai sair do papel.

“A intervenção na Praça do Cauê será feita. Temos uma agenda extensa com o governo no Estado para retomar projetos parados. Passamos quatro anos sem nenhuma ação do governo no município, com obras se arrastando ou paradas. Vamos retornar com o diálogo”, afirmou o prefeito, sem dar um prazo de quando a obra pode começar.

Praça do Cauê fica no meio da ligação entre a Reta da Penha e acesso à Terceira Ponte. Proposta é criar nova via (Foto: Beto Morais/ AT/ 14/06/2018)
Praça do Cauê fica no meio da ligação entre a Reta da Penha e acesso à Terceira Ponte. Proposta é criar nova via (Foto: Beto Morais/ AT/ 14/06/2018)

Com a criação das seis faixas, um lado da atual praça, onde fica a Fernando Duarte Rabelo e que hoje dá acesso à Reta da Penha, vai dar lugar a um novo espaço de lazer, como se fosse um extensão da praça.

Do outro lado, será conservada a via local, mas com foco em mais vagas de estacionamento e para uso dos moradores dos prédios da localidade.

Espaço de lazer vai ser preservado

O projeto que será retomado pela Prefeitura de Vitória tem como objetivo fazer uma ligação direta entre a Terceira Ponte e a Reta da Penha – passando por cima da Praça do Cauê, na Praia de Santa Helena, na capital.

A ideia é criar seis faixas (três em cada sentido) na parte central da praça.

Com isso, o condutor que sai ou entra em Vitória pela ponte não vai mais contornar a praça — região que fica congestionada todos os dias, principalmente nos horários de pico.

Com a criação das faixas, um lado da atual praça, onde fica a Fernando Duarte Rabelo e que hoje dá acesso à Reta da Penha, vai dar lugar a um novo espaço de lazer, como se fosse um extensão da praça.

Do outro lado, será conservada a via local, mas com foco em mais vagas de estacionamento e para uso dos moradores locais.

O projeto voltou a ser discutido, mas a obra ainda não tem uma data marcada para começar.

Fonte: Prefeitura de Vitória.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados