Notícias

Trânsito

Projeto da Praça do Cauê vai sair do papel


O projeto que prevê a construção de pistas ligando a Terceira Ponte à Reta da Penha — passando por cima da Praça do Cauê — será retomado pela Prefeitura de Vitória. A confirmação foi feita pelo prefeito da capital, Luciano Rezende.

A ideia é criar seis faixas (três em cada sentido) na parte central da praça, localizada na Praia de Santa Helena. Com isso, o condutor que sai ou entra na capital pela ponte não vai mais precisar contornar a praça — região que fica congestionada todos os dias, principalmente nos horários de pico.

O primeiro projeto para a região foi criado em 2013 pelo engenheiro Luiz Carlos Menezes. A ideia original era criar um elevado por cima da praça, com o mesmo objetivo: fazer a ligação direta.
Na época, a ideia foi acatada pelo prefeito Luciano Rezende e pelo governador Renato Casagrande, que estava em seu primeiro mandato.

A intenção da prefeitura era que a obra tivesse início ainda naquele ano, o que nunca aconteceu. Em 2017, a então secretária de Desenvolvimento da Cidade, Lenise Loureiro, afirmou que a prefeitura havia desistido do projeto por “falta de prioridade do governo”.

Na época, o governo do Estado havia priorizado outras obras, como a Leitão da Silva e o Portal do Príncipe, deixando a intervenção da Praça do Cauê de fora.

Com o retorno de Renato Casagrande ao governo do Estado, o prefeito Luciano Rezende acredita que o projeto, enfim, vai sair do papel.

“A intervenção na Praça do Cauê será feita. Temos uma agenda extensa com o governo no Estado para retomar projetos parados. Passamos quatro anos sem nenhuma ação do governo no município, com obras se arrastando ou paradas. Vamos retornar com o diálogo”, afirmou o prefeito, sem dar um prazo de quando a obra pode começar.

Praça do Cauê fica no meio da ligação entre a Reta da Penha e acesso à Terceira Ponte. Proposta é criar nova via (Foto: Beto Morais/ AT/ 14/06/2018)
Praça do Cauê fica no meio da ligação entre a Reta da Penha e acesso à Terceira Ponte. Proposta é criar nova via (Foto: Beto Morais/ AT/ 14/06/2018)

Com a criação das seis faixas, um lado da atual praça, onde fica a Fernando Duarte Rabelo e que hoje dá acesso à Reta da Penha, vai dar lugar a um novo espaço de lazer, como se fosse um extensão da praça.

Do outro lado, será conservada a via local, mas com foco em mais vagas de estacionamento e para uso dos moradores dos prédios da localidade.

Espaço de lazer vai ser preservado

O projeto que será retomado pela Prefeitura de Vitória tem como objetivo fazer uma ligação direta entre a Terceira Ponte e a Reta da Penha – passando por cima da Praça do Cauê, na Praia de Santa Helena, na capital.

A ideia é criar seis faixas (três em cada sentido) na parte central da praça.

Com isso, o condutor que sai ou entra em Vitória pela ponte não vai mais contornar a praça — região que fica congestionada todos os dias, principalmente nos horários de pico.

Com a criação das faixas, um lado da atual praça, onde fica a Fernando Duarte Rabelo e que hoje dá acesso à Reta da Penha, vai dar lugar a um novo espaço de lazer, como se fosse um extensão da praça.

Do outro lado, será conservada a via local, mas com foco em mais vagas de estacionamento e para uso dos moradores locais.

O projeto voltou a ser discutido, mas a obra ainda não tem uma data marcada para começar.

Fonte: Prefeitura de Vitória.