search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Príncipe vem ao Estado para encontro monárquico no sábado

Notícias

Política

Príncipe vem ao Estado para encontro monárquico no sábado


Dom Antônio de Orleans e Bragança é bisneto da princesa Isabel. (Foto: Casa Imperial do Brasil)
Dom Antônio de Orleans e Bragança é bisneto da princesa Isabel. (Foto: Casa Imperial do Brasil)
O príncipe dom Antônio de Orleans e Bragança, de 69 anos, vem ao Estado no próximo sábado para participar do 1º Encontro Monárquico do Espírito Santo. O evento acontece a partir das 9 horas, no auditório da Fecomércio-ES, em Santa Lúcia, Vitória.

O monarca é o terceiro na linha de sucessão ao trono e à coroa brasileira. Dom Antônio é bisneto da princesa Isabel e trineto do imperador Dom Pedro II, que já esteve no Estado e escreveu uma carta sobre sua passagem em terras capixabas. Para participar é preciso contribuir com taxa de R$ 50.

Segundo o chanceler do círculo monárquico do Espírito Santo, Ricardo Martinelli de Medeiros, o evento cultural e histórico tratará dos valores cristãos, da monarquia e da forma como seria o País com uma família real.

"Hoje, as pessoas veem a monarquia, infelizmente, de uma forma distorcida. A história contada é distorcida. Existem círculos monárquicos em todo o Brasil. Esses encontros são para contar às pessoas a monarquia como ela foi realmente", explicou.

O chanceler destacou que há países desenvolvidos na Europa que possuem regime político de monarquia parlamentarista e apresentam altos índices de democracia e educação.

"Um dos principais elementos que uma monarquia parlamentar faz é a separação da chefia de Estado e chefia de Governo. O governo é eleito democraticamente 100% pelo povo e é quem vai mexer com obras, leis, Orçamento. O monarca é um chefe de Estado, é um fiscal desse governo e ocupa o quarto poder, o poder moderador. Ele não governa. A atribuição dele é que, em caso de crise, ele pode dissolver o parlamento e convocar nova eleições", explicou Medeiros, que citou o caso da Espanha, onde o parlamento foi dissolvido pelo rei recentemente.

Outro ponto destacado pelo chanceler é que a monarquia é suprapartidária, ou seja, não é de direita nem de esquerda, conforme ele. "Desde 1993, é o movimento político que mais cresce no Brasil, sem sombra de dúvidas", frisou.

Além do príncipe, o evento ainda terá como palestrantes os monarquistas Leonardo Penitente, Felipe Arady e Armando Alexandre dos Santos.

Quem é o príncipe

Nascido em 24 de junho de 1950, no Rio de Janeiro, dom Antônio é o sétimo dos 12 filhos e filhas do príncipe dom Pedro Henrique de Orleans e Bragança, chefe da Casa Imperial do Brasil entre 1921 e 1981, e de sua mulher, a princesa dona Maria da Baviera de Orleans e Bragança.
Fluente em português e francês e compreendendo bem inglês e alemão, o monarca é formado em Engenharia Civil e, atualmente, está aposentado. Dom Antônio vem se dedicando à pintura em aquarela, já tendo exposto suas obras - nas quais retrata, sobretudo, o Colonial Brasileiro - em diversas capitais brasileiras e europeias.

Serviço

I Encontro Monárquico do Espírito Santo
Dia: 26 de outubro, sábado
Horário: 9h às 18h
Local: auditório da Fecomércio, em Vitória - Rua Misael Pedreira da Silva, 138, Santa Lúcia
Palestrantes: Príncipe dom Antônio de Orleans e Bragança, Leonardo Penitente, Felipe Arady e Armando Alexandre dos Santos
Evento aberto ao público (3º lote, R$ 50)
Clique aqui para se inscrever
 


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados