search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Preso chefe do tráfico em Alecrim que já matou mais de 10

Notícias

Polícia

Preso chefe do tráfico em Alecrim que já matou mais de 10


 (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

O chefe do tráfico de drogas em Alecrim, Vila Velha, foi preso nesta quarta-feira (15), no bairro Jockey de Itaparica, no mesmo município. Jackson Ferreira de Oliveira, de 31 anos, é apontado como autor de mais de 10 assassinatos, alguns com requintes de crueldade. A Polícia Civil revelou que o suspeito planejava comandar todo o tráfico nos bairros Alecrim e Zumbi dos Palmares.

“Um dos homicídios, ele cometeu na frente da família da vítima. Esse detido tem essa personalidade perversa. Nós estamos aqui justamente para tirar de circulação essas pessoas que não têm condições de viver em sociedade e que precisam ficar encarceradas”, declarou o delegado-geral da Polícia Civil, José Darcy Arruda.

A operação que levou à prisão de Jackson foi comandada pela equipe da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Vila Velha. O suspeito estava sendo monitorado desde fevereiro, quando escapou de uma operação da polícia que prendeu 11 pessoas.

 (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
(Foto: Divulgação/Polícia Civil)
"Esse suspeito é de alta periculosidade. Ele se escondeu em Conceição da Barra. Lá, estava se preparando para retornar e tomar uma parte do tráfico de drogas em Vila Velha. Para isso, o detido estava tentando vender um barco que ele tem, para comprar armas e munições, além de tentar se aliar ao Complexo da Penha (Vitória), no sentido de retomar aquele território", contou o titular da DHPP, delegado Gianno Trindade.

O criminoso ainda mudava sua aparência para despistar a polícia. "Nós temos imagens de três aparências diferentes dele. Assim que recebemos a informação de que ele teria retornado para Vila Velha, e de posse da localização exata dele, conseguimos prendê-lo", disse o delegado.

Jackson foi ouvido na delegacia e encaminhado a uma unidade prisional.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados