Notícias

Polícia

PMs prendem suspeito de atirar em cadela, socorrem animal e pagam hospital veterinário


Policiais militares prenderam, na quarta-feira (5), um caminhoneiro suspeito de ferir uma cadela a tiro, na zona norte de São Paulo. O animal foi levado a um hospital veterinário, e os policiais pagaram o socorro com dinheiro do próprio bolso, segundo a corporação.

A equipe do 5º Batalhão foi acionada por testemunhas. Com as características informadas e o destino tomado pelo motorista, os policiais iniciaram um patrulhamento na região e conseguiram localizá-lo.

De acordo com a PM, uma pistola foi encontrada com o homem, que confessou ter disparado e ofereceu dinheiro para tentar se livrar do crime.

Ele foi encaminhado para o 73º Distrito Policial, no Jaçanã. Os PMs envolvidos serão homenageados nesta quinta (6), afirma a corporação.

O animal foi medicado e ainda deverá passar por outros exames.

Maus-tratos é crime previsto em lei, com punição prevista de três meses a um ano de detenção, além de multa.