search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Pesquisa mede poder de força de “padrinhos”
Coluna do Estadão

Andreza Matais e Marcelo de Moraes


Pesquisa mede poder de força de “padrinhos”

A disputa por espaço político-eleitoral entre o governador João Doria e o presidente Jair Bolsonaro terá o primeiro teste de fogo daqui a um ano, mais especificamente na eleição para prefeito de São Paulo. Pesquisa da XP/Ipespe mediu nesta semana o quanto o apoio dos “padrinhos” aos candidatos terá impacto na campanha: 29% apontaram o Presidente com o maior potencial de transferir votos; o governador foi indicado por 20%, e o ex-presidente Lula, preso em Curitiba, condenado por corrupção e lavagem de dinheiro, por 23% dos entrevistados.

Ele não. Na rejeição, os três empatam. O apoio de Bolsonaro, Doria e Lula pode diminuir a vontade de votar no candidato para 32%, 32% e 33%, respectivamente. É indiferente para 35%, 46% e 42%.

Dianteira. Em cenário estimulado, o apresentador José Datena desponta como favorito, com 22% das intenções de voto. É seguido por Celso Russomanno (19%), Marta Suplicy (11%) e Márcio França (11%).

Fim da fila. O prefeito Bruno Covas aparece em 5º (10%) e a deputada Joice Hasselmann, em 7º (7%).

Universo. A pesquisa XP/Ipespe ouviu mil eleitores da capital entre 30 de setembro e 2 de outubro. A margem de erro é de 3,2 pontos porcentuais.

Entre... Nos bastidores, concorrentes na disputa pela vaga de candidato do Novo a prefeito de SP questionam um suposto favoritismo de Filipe Sabará, do primeiro escalão de Doria.

...amigos. Sabará emprega Isabel Teixeira no Fundo Social de SP. Ela é mulher de Julio Rodrigues, presidente do diretório municipal, que vota na seletiva de pré-candidatos do Novo.

Sinais... O PT se aliou ao governador do Rio, Wilson Witzel (PSC), na Comissão de Orçamento da Alerj, que aprovou, por 4 votos a 3, parecer favorável às contas do governo do Estado em 2018 (Pezão). A deputada Zeidan (PT) deu o voto de Minerva pela aprovação.

...trocados. A votação expôs o afastamento entre Witzel e o PSL. Presidente da comissão, Rodrigo Amorim (PSL) contrariou o governo e votou pela rejeição.

União. O ministro Tarcísio de Freitas participa de seminário, quarta-feira, em Brasília, no qual será anunciada a criação de um instituto de autorregulação da infraestrutura. A ideia é criar um ambiente favorável aos negócios depois de fase difícil para o setor.

União II. O general Sergio Etchegoyen foi eleito diretor-presidente do instituto. Participam da fundação o Ethos, a International Finance Corporation (IFC) e o Centro de Estudos em Ética, Transparência, Integridade e Compliance da Escola de Administração de Empresas da FGV.

Com... O Detran-RJ diz que Pedro Paulo Thompson, recém-nomeado diretor, trabalhou para a empresa Montreal, que possui contratos com o Detran-RJ, entre 1998 e 2003. Nesse período, não prestou serviços para o Estado do Rio ou nenhum outro governo.

...a palavra. “Thompson ocupa o cargo por indicação técnica”, diz nota da assessoria. Conforme apurou a Coluna, ele contou com a ajuda do deputado estadual Tutuca (MDB).

Pronto, Falei!

Sobre a resistência ao projeto do time-empresa

Assusta até o clube que não pretende virar empresa, pois vai expor o cartola, que competirá em ambiente de gestão profissional

Pedro Paulo, deputado federal (DEM-RJ), relator do PL

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Coluna do Estadão

O esculacho contra a política e a vaga no STF

Lideranças de diversos partidos viram na prisão de Alexandre Baldy outra ação midiática de Marcelo Bretas para esculachar a política e os políticos, a exemplo do que o juiz já havia feito com Michel …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Lava a Jato comemora apoio de Flávio a Aras

A Lava a Jato de Curitiba comemorou em privado o apoio hipotecado em público por Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) a Augusto Aras, considerado hoje o inimigo número um da temida força-tarefa. …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Auxílio dá fôlego a “bolsonaristas” no Nordeste

Embora diga que não apoiará ativamente nenhum candidato nas eleições municipais, o presidente Jair Bolsonaro caminha para contar com uma rede de apoio no Nordeste, região onde ele foi menos votado em …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Decisão de Fachin ajuda Dallagnol no CNMP

Um dos efeitos da decisão de Edson Fachin de interromper o compartilhamento de dados das forças-tarefa com a Procuradoria-Geral da República deve ser o de enfraquecer, no CNMP (Conselho Nacional do …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Muda Senado encampa defesa da Lava a Jato

Principal apoio político da Lava a Jato, o grupo Muda Senado quer intensificar a reação aos ataques que o procurador-geral da República, Augusto Aras, tem desferido contra a operação. Os senadores …


Exclusivo
Coluna do Estadão

O mapa da guerra contra Dallagnol no CNMP

Os conselheiros críticos ao “lavajatismo” no CNMP trabalham contra o relógio nas próximas três semanas para garantir apoios suficientes pela remoção de Deltan Dallagnol da força-tarefa da Lava a …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Dados preliminares são água fria para Mourão

Dados preliminares sobre focos de incêndio na Amazônia em julho devem deixar o governo federal em situação ainda mais desfavorável diante da pressão pela preservação do meio ambiente. Até …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Mourão preocupado com “teto” na Amazônia

Pressionado a apresentar resultados para o meio ambiente, Hamilton Mourão busca alternativas para destravar o uso do Fundo Amazônia. Uma vez resolvida a questão da governança (novas regras para a …


Exclusivo
Coluna do Estadão

China vê “politização” de relações comerciais

Em meio ao que especialistas estão chamando de nova “guerra fria”, o porta-voz da embaixada da China no Brasil, Qu Yuhui, alerta para uma “politização”, promovida pelos EUA, de temas comerciais entre …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Congresso deixa de lado poder de fiscalização

A prerrogativa de fiscalizar foi deixada de lado pelo Congresso neste ano. Dos 87 requerimentos de convocação de autoridades do Executivo, apenas um foi aprovado pelo Senado. Somente na Câmara, foram …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados