Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Pesquisa mede poder de força de “padrinhos”
Coluna do Estadão

Andreza Matais e Marcelo de Moraes


Pesquisa mede poder de força de “padrinhos”

A disputa por espaço político-eleitoral entre o governador João Doria e o presidente Jair Bolsonaro terá o primeiro teste de fogo daqui a um ano, mais especificamente na eleição para prefeito de São Paulo. Pesquisa da XP/Ipespe mediu nesta semana o quanto o apoio dos “padrinhos” aos candidatos terá impacto na campanha: 29% apontaram o Presidente com o maior potencial de transferir votos; o governador foi indicado por 20%, e o ex-presidente Lula, preso em Curitiba, condenado por corrupção e lavagem de dinheiro, por 23% dos entrevistados.

Ele não. Na rejeição, os três empatam. O apoio de Bolsonaro, Doria e Lula pode diminuir a vontade de votar no candidato para 32%, 32% e 33%, respectivamente. É indiferente para 35%, 46% e 42%.

Dianteira. Em cenário estimulado, o apresentador José Datena desponta como favorito, com 22% das intenções de voto. É seguido por Celso Russomanno (19%), Marta Suplicy (11%) e Márcio França (11%).

Fim da fila. O prefeito Bruno Covas aparece em 5º (10%) e a deputada Joice Hasselmann, em 7º (7%).

Universo. A pesquisa XP/Ipespe ouviu mil eleitores da capital entre 30 de setembro e 2 de outubro. A margem de erro é de 3,2 pontos porcentuais.

Entre... Nos bastidores, concorrentes na disputa pela vaga de candidato do Novo a prefeito de SP questionam um suposto favoritismo de Filipe Sabará, do primeiro escalão de Doria.

...amigos. Sabará emprega Isabel Teixeira no Fundo Social de SP. Ela é mulher de Julio Rodrigues, presidente do diretório municipal, que vota na seletiva de pré-candidatos do Novo.

Sinais... O PT se aliou ao governador do Rio, Wilson Witzel (PSC), na Comissão de Orçamento da Alerj, que aprovou, por 4 votos a 3, parecer favorável às contas do governo do Estado em 2018 (Pezão). A deputada Zeidan (PT) deu o voto de Minerva pela aprovação.

...trocados. A votação expôs o afastamento entre Witzel e o PSL. Presidente da comissão, Rodrigo Amorim (PSL) contrariou o governo e votou pela rejeição.

União. O ministro Tarcísio de Freitas participa de seminário, quarta-feira, em Brasília, no qual será anunciada a criação de um instituto de autorregulação da infraestrutura. A ideia é criar um ambiente favorável aos negócios depois de fase difícil para o setor.

União II. O general Sergio Etchegoyen foi eleito diretor-presidente do instituto. Participam da fundação o Ethos, a International Finance Corporation (IFC) e o Centro de Estudos em Ética, Transparência, Integridade e Compliance da Escola de Administração de Empresas da FGV.

Com... O Detran-RJ diz que Pedro Paulo Thompson, recém-nomeado diretor, trabalhou para a empresa Montreal, que possui contratos com o Detran-RJ, entre 1998 e 2003. Nesse período, não prestou serviços para o Estado do Rio ou nenhum outro governo.

...a palavra. “Thompson ocupa o cargo por indicação técnica”, diz nota da assessoria. Conforme apurou a Coluna, ele contou com a ajuda do deputado estadual Tutuca (MDB).

Pronto, Falei!

Sobre a resistência ao projeto do time-empresa

Assusta até o clube que não pretende virar empresa, pois vai expor o cartola, que competirá em ambiente de gestão profissional

Pedro Paulo, deputado federal (DEM-RJ), relator do PL

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Coluna do Estadão

Planalto na articulação para desidratar Bivar

Um dia após a operação da Polícia Federal que teve o presidente do PSL como um dos alvos, os bolsonaristas se reuniram no Palácio do Planalto para tentar reduzir a força de Luciano Bivar (PE) dentro …


Exclusivo
Coluna do Estadão

“Gaeco” da Lava a Jato é opção para Dallagnol

Procuradores da Lava a Jato em Curitiba acreditam que Deltan Dallagnol poderá se candidatar ao cargo de procurador regional, para atuar na segunda instância do Ministério Público Federal, caso a …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Pacto Federativo ficará a cargo do Senado

O governo federal definiu sua agenda econômica no Legislativo para este resto de ano e decidiu mesmo deixar com o Senado a proposta do Pacto Federativo. Ainda falta acertar quem, em linha com o …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Obra do Rodoanel volta com câmeras ao vivo

Alvo da Lava a Jato em São Paulo, o trecho Norte do Rodoanel será retomado pelo governo paulista em 2020. Todos os contratos foram rescindidos e novas licitações deverão ser realizadas para os seis …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Trégua entre presidente e Valeixo não convence

A aparente trégua na relação Jair Bolsonaro-Polícia Federal não convence integrantes da corporação. Há a avaliação de que o Presidente deve trocar o comando em uma eventual mexida na Esplanada dos …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Governo simplifica repasses a municípios

A um ano das eleições, o ministro Paulo Guedes assinou portaria para desburocratizar repasses a obras em municípios. O texto atende os parlamentares e os prefeitos insatisfeitos com custos e com a …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Dallagnol se escora em grupo de senadores

O procurador da República Deltan Dallagnol estreitou sua relação com o “Muda Senado”. A ideia é se contrapor a um movimento de deputados que se aproveitam desse momento de recuo da Lava a Jato para …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Ataque nas redes faz Doria definir estratégia

João Doria tem sido aconselhado por assessores e secretários a evitar “entrar na pilha” do bolsonarismo, ou seja, a não rebater toda e qualquer declaração do Presidente ou de seus súditos. As …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Centro vê brecha para atacar a polarização

Dentro e fora do Congresso, líderes enxergam neste momento de turbulência do bolsonarismo, às voltas com o fraco desempenho econômico e as acusações de sufocar a Lava a Jato, uma brecha para as …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Witzel busca aliados para se nacionalizar

De olho na candidatura à Presidência em 2022, o governador Wilson Witzel intensificou os movimentos para se nacionalizar. Busca em quem se apoiar agora que sua relação com o presidente Jair Bolsonaro …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados