search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Pesquisa: 43,4% querem Bolsonaro filiado ao PSL
Cláudio Humberto
Cláudio Humberto

Cláudio Humberto


Pesquisa: 43,4% querem Bolsonaro filiado ao PSL

Levantamento nacional exclusivo do Paraná Pesquisas para esta coluna e o site Diário do Poder mostra que, para 43,4% dos brasileiros, o presidente Jair Bolsonaro deveria permanecer filiado ao PSL, mas outros 37,5% opinam por sua saída.

Não opinaram 19%. A pesquisa indicou também que 63% dos entrevistados têm acompanhado as brigas entre integrantes do PSL e o Presidente. No domingo, ele disse que há 80% de chances de sair e 90% de criar um novo partido.

Em todos os estados
A pesquisa foi realizada em 168 municípios de todos os Estados, com 2.240 eleitores entrevistados entre 31 de outubro e 4 de novembro.

Disputas estaduais
As brigas começaram com as disputas dos filhos Eduardo e Flávio Bolsonaro pelo controle do PSL em São Paulo e Rio, respectivamente.

Briga pelo dinheiro
Há uma nítida disputa pelos recursos do fundos partidário e eleitoral, que em 2020 devem garantir ao PSL mais de R$ 359 milhões.

Controle inegociável
O PSL foi o único que garantiu candidatura a Jair Bolsonaro, mas Luciano Bivar (foto) não aceitou a exigência de entregar a sigla que fundou e preside.

Desastre no Nordeste entra para rol dos grandes

Com as 4 mil toneladas de óleo em 314 praias do Nordeste, a tragédia entra para o rol de desastres ambientais considerados “relativamente grandes” em todo o mundo, segundo padrões da NOAA (Administração Oceânica e Atmosférica Nacional).

São mais de um milhão de galões, volume comparável ao derramado pelo terminal Empire, da Chevron, em Louisiana (EUA), após o furacão Katrina, dos maiores da História.

Tragédia avassaladora
No total, o Katrina provocou derramamentos de 8 milhões de galões de óleo. Além da tragédia ambiental, mais de 10 mil casas foram atingidas.

Quatro vezes maior
A tragédia no litoral brasileiro é 4 vezes maior que o despejo do navio Selendang Ayu, no Alaska em 2007, que contaminou 140km de litoral.

Limpeza cara
No Alaska, os donos e operadores do navio pagaram R$ 500 milhões entre limpeza e multas. Aqui, até se punir o culpado, a conta é nossa.

Chinfrim Produções
É desonestidade chamar de “luta contra censura” o clamor por dinheiro público para financiar filmes, em geral, de má qualidade. Só em 2018 foram R$ 680 milhões bancando 171 filmes assistidos pelos amigos dos seus diretores; mil pessoas em média. Até picaretagem tem limite.

Rio não tem jeito
O orçamento do governo do Rio de Janeiro para 2020 mostra o Estado quebrado: receita de R$ 70,1 bilhões, despesa 15,2% maior e rombo de R$ 10,7 bilhões. E o governador ainda briga com o Presidente.

Zorba, o grego
Bouboulina, navio grego responsável pelo criminoso vazamento de óleo, trouxe à memória dos cinéfilos veteranos uma lembrança alegre, mas uma infeliz coincidência. “Boubouline” era o nome da namorada do personagem do ator Anthony Quinn no célebre filme “Zorba, o grego”. 

Assim não dá
Após o governador goiano Ronaldo Caiado emplacar um afilhado como superintendente da Sudeco (Desenvolvimento do Centro-Oeste), o desarranjo nas contas fez o orçamento do órgão perder R$ 39 milhões.

Pá de cal no papel
Deve ser votada hoje a MP que libera sociedades anônimas de publicarem seus balanços em jornais de grande circulação, podendo fazê-lo – e de graça – na edição do Diário oficial na internet.

Debate contamina
A política nos EUA, às vésperas de eleição presidencial, contaminou o combate ao incêndio que destrói casas na Califórnia, como no Brasil as queimadas na Amazônia. A diferença é que, aqui, a eleição já passou.

Snowden em Lisboa
Edward Snowden, que denunciou a espionagem em massa da Agência de Segurança Nacional dos EUA, abriu o Web Summit, em Lisboa. Mas participou por videoconferência, já que está asilado na Rússia.

Pensando bem...
...à procura de nova sigla, Bolsonaro poderia se habilitar à liderança de um certo partido acéfalo desde que o líder foi preso em abril de 2018.

Poder sem pudor

Rigor conventual
Era um almoço oferecido a empresários de outros Estados, no Palácio das Princesas, no Recife, pelo então governador de Pernambuco Roberto Magalhães. Durante a sobremesa, um dos convidados elogiou a fruta servida. “É um fruto divino!”, brincou Sileno Ribeiro, poderoso secretário do Gabinete Civil de Magalhães. Brincou com fogo. D. Jane, a influente primeira-dama, católica fervorosa, achou que o secretário cometera uma blasfêmia. E defendeu sua demissão imediata.

Colaboram: André Brito, Jorge Macedo e Tiago Vasconcelos

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Cláudio Humberto

Três bolsonaristas querem a vaga de Weintraub

Notícias sobre a eventual saída do ministro Abraham Weintraub (Educação), apesar de inicialmente negadas, movimentou candidatos ao posto. Lideram essa bolsa de apostas Antônio Freitas, pró-reito…


Exclusivo
Cláudio Humberto

No Aliança, 15 milhões de filiados evangélicos

Em busca de apoio para se viabilizar, o partido Aliança pelo Brasil, que está sendo criado pela família Bolsonaro, poderá ganhar, em prazo curto, 15 milhões de filiados evangélicos. É o que …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Fundão faz de 2020 a eleição mais cara da História

O Fundão Sem Vergonha de R$ 3,8 bilhões, aprovado na Comissão de Orçamento para bancar a campanha municipal, garantiu que as eleições 2020 sejam as mais caras da História. Em 2016, a primeira …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Bolsonaro se beneficiou de “laranjas”, acusa Bivar

O presidente nacional do PSL, deputado Luciano Bivar (PE), que ontem comandou a suspensão de 14 deputados e a advertência de outros quatro, afirmou que, se houve beneficiado pelas “candidaturas …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Moleza: Câmara trabalha só nove dias em dezembro

Parlamentares brasileiros têm ritmo próprio de “trabalho”, mas neste dezembro o ócio na Câmara dos Deputados alcançou a outro patamar. Serão apenas nove dias trabalhados oficialmente, incluindo …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Casa Civil sequer ajuda na articulação política

A Casa Civil não ajuda nada na articulação para aprovar projetos importantes, como a Medida Provisória da Liberdade Econômica ou a reforma da Previdência, segundo se queixam integrantes do time de …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Alcolumbre usa gaveta para prejudicar diplomacia

No exterior, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, adora o tapete vermelho dos diplomatas brasileiros, mas no Brasil ele os trata como inimigos, impedindo a tramitação de indicações de embaixadore…


Exclusivo
Cláudio Humberto

Reunião mostrou armação para “melar” proposta

Parlamentares que estiveram na fracassada reunião de ontem na residência oficial do Senado saíram com a certeza de que os presidentes das duas casas não estavam interessados em negociar acordo para …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Brasil pode ter mais de 100 partidos em 2020

O imbróglio envolvendo o uso de meios eletrônicos para validar o apoio à criação de partidos políticos pode facilitar a conclusão dos 76 pedidos de criação atualmente em tramitação no Tribunal …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Aliança pode ser criado por aplicativo de celular

Aplicativo de celular é uma das estratégias para criação do Aliança, partido do presidente Jair Bolsonaro, a tempo de disputar as eleições de 2020, segundo confirmou seu secretário-geral e ex-ministr…


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados