Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Plenário: Fim de reeleição, vice e cargo eterno
Plenário
Fabiana Tostes

Fabiana Tostes


Plenário: Fim de reeleição, vice e cargo eterno

Fim de reeleição, vice e cargo eterno

Será votado na terça, na Comissão Especial sobre tempo e coincidência de mandatos, o relatório do deputado Vicente Cândido (PT-SP), que acaba com a reeleição e com a figura do vice para prefeitos, governadores e presidentes.

Embora alegue que os vices custam aos cofres públicos R$ 500 milhões por ano, nos bastidores, a proposta que acaba com o cargo seria uma resposta ao “golpe” que o PT sustenta ter sofrido por parte do antes vice e agora presidente Temer.

O texto também cria o sistema distrital misto para as eleições proporcionais – quando metade dos eleitos vem de uma lista fechada e a outra metade, dos mais votados. Sua aplicação já seria em 2020 em cidades com mais de 200 mil eleitores.

Porém, o que deve gerar maior polêmica é o fim do cargo vitalício para o Judiciário. A proposta cria um mandato de 10 anos para membros de tribunais escolhidos por indicação política. “Se todos os cargos eletivos são rotativos, não faz sentido que não se estenda a todas indicações políticas”, explicou.


Megafundo Partidário

A proposta também cria um megafundo partidário para financiar os partidos e as eleições já em 2018.
Pela proposta, para as eleições do ano que vem, o Fundo contaria com 0,5% da receita corrente líquida – aproximadamente R$ 3,5 bilhões. Em 2020, o valor destinado seria de 0,25% da receita corrente líquida, cerca de R$ 2 bilhões.


Biometria para alunos

O vereador de Cariacica Lelo Couto apresentou projeto para a criação de um sistema biométrico nas escolas públicas do município.

A ideia é para que os pais e os professores tenham controle sobre os alunos, que deverão registrar presença por meio biométrico. O projeto ainda vai à votação na Câmara e, se aprovado, segue para a prefeitura.


No projeto do Anchieta

Embora tenha ensaiado namoro com o grupo do ex-governador Casagrande, o deputado Amaro Neto teria recebido garantia do governador Hartung de que poderia ser candidato ao Senado no projeto do Palácio Anchieta.

E, para isso, nem precisaria deixar o Solidariedade, já que há um mal-estar entre o governo e o presidente do SD-ES, Carlos Mannato, desde a greve da PM. Basta Amaro ter voz de comando no partido.


Ciúme de você...

Já tem deputados incomodados com a ascensão que Marcelo Santos tem tido com o presidente da Assembleia Erick Musso.

Além de participar de quase todas as decisões administrativas na Casa e eventos políticos representando o parlamento, Marcelo tem presidido constantemente as sessões.


Legislando em causa própria?

Se levar em conta que 180 dos 513 deputados federais são investigados pelo STF – sendo 39 por envolvimento na Lava a Jato e sem contar os processos sigilosos – é possível entender porque os parlamentares arquivaram denúncia contra Temer. Ganha força nos bastidores que os reais motivos não foram a estabilidade política, a superação da crise econômica, nem as reformas. Foram por empatia, identificação com o objeto e para não serem os próximos na berlinda!


Articulação de Enivaldo

O governador Paulo Hartung vai visitar Ecoporanga e Águia Branca, no Noroeste do Estado, no próximo dia 25, para anunciar ações do governo. A agenda foi acertada em audiência com os prefeitos dos dois municípios, capitaneada pelo deputado estadual Enivaldo dos Anjos.


Lei para filhas de Jó

Virou lei projeto da deputada Luzia Toledo que cria o Dia Estadual da Ordem Internacional das Filhas de Jó.


Espaço perdido?

Ao que tudo indica, o senador Magno Malta parece estar perdendo espaço nas articulações do governo estadual na chapa a ser formada para o Senado no ano que vem.


Alerta ligado!

Sinais de resistência interna na nomeação de Gustavo de Biase na Secretaria da Agricultura da Serra.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados