search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Partidos articulam carta para negar fisiologismo
Coluna do Estadão

Andreza Matais e Marcelo de Moraes


Partidos articulam carta para negar fisiologismo

Paulinho da Força (SD-SP) articula com outros presidentes de partidos uma “carta à população” para negar interesse em cargos e ministérios de Jair Bolsonaro.

Seria uma reação ao texto compartilhado pelo Presidente dizendo que o Brasil é ingovernável sem conchavos.

O teor ainda não foi definido, mas outros dirigentes devem endossá-lo. Na mesma direção, Rodrigo Maia avisou aos colegas que vai tirar da MP da Esplanada a divisão do Desenvolvimento Regional em duas pastas. Se Bolsonaro quiser, terá de mandar outra medida, com sua digital.

Pai da criança. O plano é aprovar a MP 870 sem os Ministérios da Integração Nacional e das Cidades. Deputados não querem apanhar sozinhos nas manifestações de domingo por algo acertado com o governo.

Troca... Defensores da retirada de Major Vitor Hugo da liderança de governo na Câmara esperam que o rompimento com Rodrigo Maia seja o empurrão que faltava para convencer o presidente Jair Bolsonaro.

...troca. O grupo torce para Joice Hasselmann (PSL-SP) assumir o posto e, no lugar dela na liderança do Congresso, ser nomeado o deputado Claudio Cajado (PP-BA), que não tem apoio do partido.

Empoderado. Além de anunciar o rompimento com Vitor Hugo, Rodrigo Maia disse no colégio de líderes que o Congresso derrubará todas as matérias do governo que exorbitarem suas prerrogativas. O contexto era decreto das armas.

Pombinho. Apesar de Eduardo Bolsonaro defender publicamente as manifestações de domingo, ele não é esperado por organizadores. Duda, como é chamado por amigos, casa-se na véspera, no Rio de Janeiro.

Indeciso. Hélio Lopes, mais conhecido como Hélio Negão, saiu de uma reunião no Planalto dizendo não saber ainda se vai aos protestos. Bolsonaro tem orientado a manter distância.

Cheguem mais. Para diminuir a resistência nas bancadas do Nordeste, Bolsonaro recebe hoje no Planalto parlamentares da região. Na pauta, a conclusão da ferrovia Transnordestina e a divisão da CSLL com estados e municípios.

Nas alturas. O Tribunal de Justiça de Minas Gerais pagou ao juiz Paulo Antônio de Carvalho R$ 762 mil na folha de abril, sendo R$ 725 mil a título de “remuneração eventual”. Outra juíza, Adriani Freire Diniz Garcia, recebeu R$ 377.465,12.

Com a palavra. Segundo o TJ-MG, os valores referem-se a “férias-prêmio” e outros benefícios acumulados ao longo da carreira. Sobre o juiz Paulo Carvalho, diz que ele recusou promoções para não abandonar a Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac), que criou.

Novo round. O TJ-SP negou o recurso de Ciro Gomes contra condenação por ter chamado o vereador Fernando Holiday de “capitão do mato” e ainda determinou o pagamento dos honorários advocatícios do vereador, fixado em 20% do valor da condenação, R$ 38 mil.

Número bloqueado. O Ministério da Justiça estuda criar um banco de telefones de usuários que não querem ser incomodados por telemarketing. Multas pesadas seriam aplicadas a quem desrespeitar, como acontece nos EUA. Pode ser feito via portaria.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Coluna do Estadão

O Brasil quer saber: Moro fica no governo?

O presidente Jair Bolsonaro retorna esta semana ao Brasil depois da viagem à Índia, com passagem pela África, ofuscada em parte pelo mais novo embate com Sergio Moro. Disputa esta que monopolizo…


Exclusivo
Coluna do Estadão

A recauchutagem do Cidadania por Huck

De olho na cada vez mais possível candidatura de Luciano Huck à Presidência, o Cidadania faz uma recauchutagem interna para atrair o apresentador. O processo começou no ano passado, com uma série de …


Exclusivo
Coluna do Estadão

General atua para manter União da direita

Soaram como tentativa desesperada de manter a direita unida as postagens de Augusto Heleno sobre a nova crise na relação Bolsonaro-Moro. Claro, um rompimento dos titãs do campo conservador tende …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Pasta de Moro também vai monitorar esgotos

O Ministério da Justiça também quer monitorar o esgoto dos brasileiros para radiografar o consumo de drogas no País. Essa é a proposta do projeto Cloacina, da Secretaria Nacional de Políticas sobre …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Planalto entrega a Maia lista com prioridades

O governo apresentou a Rodrigo Maia 15 propostas que tramitam na Casa e são tidas como prioritárias. Dentre elas, a mudança no marco regulatório das PPPs, o projeto do Senado de segurança das …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Entorno de Huck vibra com ataque de extremos

Cresce entre apoiadores de Luciano Huck a sensação de que ele está no caminho certo. O motivo? Começou a “apanhar” dos extremos. Em entrevista recente, Lula disse que Huck “não representa a centro-es…


Exclusivo
Coluna do Estadão

Líder do DEM é favorito para comandar CMO

De olho nas eleições municipais deste ano, a cúpula do Congresso tem se articulado para indicar o líder do DEM, Elmar Nascimento (BA), para o comando da Comissão Mista de Orçamento neste ano. A …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Maia terá ainda mais poder, preveem líderes

Se quiser fazer avançar seu governo, Jair Bolsonaro terá de conviver em harmonia com um Rodrigo Maia ainda mais poderoso neste ano, avaliam líderes do Congresso. É o preço a ser pago pelo Presidente …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Com ou sem Regina, guerra cultural seguirá

A demissão de Roberto Alvim e a péssima repercussão do malfadado vídeo com alusões ao nazismo foram um revés para a guerrilha bolsonarista, mas não deverão motivar um cavalo de pau no rumo da …


Exclusivo
Coluna do Estadão

MPF quer manter poder de delações premiadas

Associações de procuradores federais e membros da Procuradoria-Geral da República (PGR) estudam pontos do pacote anticrime sancionado por Jair Bolsonaro que podem ferir a atuação dos Ministérios …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados