Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Parceiras de treino conquistam medalhas em Open de Caratê nos EUA

Esportes

Esportes

Parceiras de treino conquistam medalhas em Open de Caratê nos EUA


As capixabas Tamillis Pimenta e Thaís Muglia, parceiras de treino em Vitória, conquistaram medalhas na disputa do Open Internacional de Las Vegas de caratê. A competição, realizada no final de semana nos Estados Unidos, é uma das mais fortes e tradicionais da modalidade.

Thaís Muglia e Tamillis Pimenta subiram ao pódio no Open Internacional de Las Vegas, nos Estados Unidos (Foto: Divulgação/Sesport)
Thaís Muglia e Tamillis Pimenta subiram ao pódio no Open Internacional de Las Vegas, nos Estados Unidos (Foto: Divulgação/Sesport)
Quem teve o melhor desempenho foi Tamillis, de 21 anos, atleta da seleção brasileira olímpica de caratê. Ela conquistou a medalha de prata no estilo kumitê (até 50kg), na categoria sênior. Na final, ela perdeu para a carateca Cheili Gonzalez, da Guatemala, mas volta ao País com um bom resultado que contará importantes pontos no ranking brasileiro.

“A Cheili é uma atleta muito experiente da minha categoria, já foi medalhista mundial e campeã pan-americana no ano passado. Ela é um pouco mais velha e experiente que eu, mas foi muito importante para mim lutar contra ela e fazer uma luta de igual para igual. Agora é manter o foco para os próximos campeonatos”, disse Tamillis, derrotada por 4 a 3 na decisão.

Já Thaís, de 14 anos, ficou um degrau abaixo no pódio. A jovem conquistou a medalha de bronze, também no estilo kumitê (acima de 54kg), na categoria cadete — para atletas de 14 e 15 anos. Na repescagem, ela venceu a norte-americana Katheleen Socomo.

“Esse campeonato foi muito importante para ganhar experiência, eu amadureci muito vindo disputar essa competição. Lutei contra quatro atletas dos Estados Unidos e perdi apenas uma luta”, destacou a jovem.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados