Esportes

Esportes

Palmeiras vence Corinthians, passa o Fla e segue na cola dos líderes


Deyverson comemora com Felipão o gol que deu a vitória ao Alviverde (Foto: Palmeiras / Divulgação)
Deyverson comemora com Felipão o gol que deu a vitória ao Alviverde (Foto: Palmeiras / Divulgação)

Com uma formação praticamente reserva, o Palmeiras venceu o Corinthians por 1 a 0, neste domingo (9), no Allianz Parque, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. O único gol do jogo foi marcado pelo atacante Deyverson aos 12 minutos do segundo tempo.

Com a vitória, a equipe alviverde manteve a terceira colocação na classificação, com 46 pontos -três a menos do que o líder Internacional, que venceu o Grêmio por 1 a 0, neste domingo. Com a mesma pontuação -leva desvantagem no saldo de gols-, o São Paulo ocupa a segunda posição após vencer o Bahia por 1 a 0, no sábado, no Morumbi.

O time completou a nona partida invicta na competição. Destes, oito jogos foram sob o comando do treinador Luiz Felipe Scolari e um de Wesley Carvalho, treinador do sub-20.

O último revés do clube no torneio foi no dia 25 de julho, quando perdeu para o Fluminense por 1 a 0. O resultado custou a demissão do treinador Roger Machado.

Se o Palmeiras tem nove jogos de invencibilidade, o Corinthians, que teve a estreia de Jair Ventura, venceu apenas dois confronto neste período. O time tem 30 pontos e está na oitava posição.

Agora, as equipes se preparam para as semifinais da Copa do Brasil. Na quarta-feira (13), o clube alvinegro visita o Flamengo, enquanto o a equipe palmeirense recebe o Cruzeiro.

Pelo Brasileiro, voltam a campo no domingo (16). O Palmeiras enfrenta o Bahia em Salvador. Já o Corinthians pega o Sport.

PALMEIRAS
Weverton; Victor Luis, Gomez, Luan, Marcos Rocha; Felipe Melo, Lucas Lima, Thiago Santos (Moisés); Dudu, Deyverson (Willian), Hyoran (Jean). T.: Luiz Felipe Scolari

CORINTHIANS
Cássio; Mantuan (Gabriel), Henrique, Léo Santos e Danilo Avelar; Ralf, Douglas, Jadson, Pedrinho (Clayson) e Romero; Roger (Jonathas). T.: Jair Ventura

Estádio: Allianz Parque, em São Paulo
Juiz: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Cartões amarelos: Lucas Lima, Deyverson (P); Danilo Avelar, Roger e Ralf (C)
Gol: Deyverson, aos 12min do 2º tempo
Público e renda: 38.568 torcedores e R$ 2.781.213,42